26 de mar de 2012

ENSAIO: "O AJUSTADOR DO PENSAMENTO"

Pessoas do meu estilo estão sempre em busca da perfeita e clara compreensão de como ciência e espiritualidade funcionam.Para mim chega a ser frustrante tal empenho, afinal parece que quanto mais estudo menos sei! Seria bem mais fácil e eficiente ser movido apenas pelo raio do Amor... pessoas deste tipo não precisam da sabedoria minunciosa, apenas São. E são também os verdadeiros trabalhadores da luz, pois conseguem irradiar a paz e a alegria aos irmãos humanos inquietos como eu.
Ajustador do Pensamento??? Com sinceridade: não faço a menor idéia do que seja!
Tento aqui algumas palavras que  apenas contribuem de uma maneira humilde, singela e imprecisa,longe da erudição tanto desejada pelos amantes da Sabedoria...


Logo de cara surge uma confusão: alma, espírito, presença eu sou, chama trina, ajustador do pensamento, átomo permanente se confundem e fica difícil separar a função de cada um (isto se estes nomes realmente forem coisas distintas).
Para mim o assunto começa no questionamento de que enquanto alma ou espírito "encarnado"na estrutura atômica, somos na verdade filhos de quem? Quem cria o espírito?
Somos filhos dos primeiros e grandes "crias" do mistério maior,do Infinito Consciente! Nós como espírito somos então uma fragmentação, uma porção completa dos grandes seres criacionais e que existem em campos perceptivos muito além de nossa imaginação tridimensional... somos estelares.
Até ai ok, afinal se uma única célula humana possui tudo oque é necessário para um novo corpo físico existir, então podemos deduzir que nas altas esferas, a existência de "filhos do Eterno" também tenha sua reciprocidade e codificação.
Não me canso de dizer: a experiência na qual estamos metidos aqui na Terra, através dos átomos, é a fronteira mais densa e reduzida a ser experimentada. Tenham a certeza que existem universos aonde a velocidade da luz é batida em escala gigantesca! Somos então filhos gerados por pais altamente potenciais, à imagem do Criador...E nossa decisão de sair da condição de espírito e se mesclar a uma estrutura física aqui no planeta, fez a gente conhecer uma divisão de poderes: o pensamento e o sentimento se tornaram "camadas"da totalidade...o todo, o uno se fragmentou! Pensamento e sentimento são corpos acoplados ao corpo físico.
Mas na eterna simetria e amor Incondicional, o próprio mistério maior, o inconcebível também se faz presente em nós, não na forma do filho mas na condição primeira. E aí surge o Ajustador do Pensamento!
Arrisco a dizer que o Ajustador é uma entidade quântica e takiônica, um "Ultimaton"(como rodrigo romo chama), uma partícula extremamente consciente. É a própria essência criadora e criativa.
Sendo assim, somos um espírito encarnado e que possui um aliado maior, que vive em nós em toda a nossa carreira terrestre e tem a função de qualificar nossos pensamentos com a expressão misteriosa do Pai. Trata-se de um conselheiro que se bem ouvido, leva o ser humano de volta para sua tendência amorosa e espiritualista. Coisa difícil de acontecer afinal tudo por aqui parece nos distrair a tal ponto que os pensamentos nunca estão ancorados no Presente.
"Too many mind" é nossa rotina diária. O desejo pela materialidade dificulta a ação deste conselheiro!
O conceito sobre o Ajustador do Pensamento chega a ser lírico. É bonito e reconfortante saber que em nossa aventura pelos mundos tridimensionais, estamos acompanhados por  aquilo que não entendemos e nem sentimos. Mas o ajustador é um trabalhador incansável e chega uma hora, quando nos acalmamos, quando deixamos de lado a irracionalidade criada por aqui, que ele pode nos falar e aí sim juntos, caminhamos para a Ascensão e a finalidade do Filho começa a ganhar sentido: o de retornar ao Pai.


24 de mar de 2012

AS AÇÕES DA FEDERAÇÃO GALÁCTICA,COMANDO ESTELAR E FORÇAS OPOSTAS

PANORAMA ATUAL(por Shtareer):

Temos uma grande frota estelar do Arcanjo Metraton numa órbita a cerca de 62 unidades astronômicas, cerca de 9.300.000.000. Km da Terra, sitiando diversas emanações de energia negativa,oriundas de diversos sistemas estelares ligados as energias rebeldes, que não querem o salto quântico estelar e em especial o nosso!A frota está desenvolvendo uma linha de bloqueio muito poderosa, que possui a capacidade de desprogramar as energias de onda emitidas pelos centros bélicos desses mundos rebeldes. São cerca de 350 centros bélicos negativos, distribuídos em um ângulo de mais de 257 graus provenientes do setor estelar e portal da estrela de Rigel, que fica dentro de Orion. Por esse portal existe uma conexão com o universo de Anhotak, que atua na polaridade inversa da energia Cristica-Mahatma-Budica, diferente de nosso foco universal de evolução criado pela energia onipresente de Cristo Michael ou Micah.

Essa frota possui a função de despolarização eletromagnética a partir da estrutura atômica, das energias nefastas que tem sido direcionadas para nosso quadrante estelar. Todos os outros planetas que já possuem uma forte linha de compreensão e sintonização com o amor universal, estão unidas na intenção de bloquear as emanações nefastas, sem um combate bélico, devido a presença dos merkabas, que podem desmaterializar as energias negativas e repolarizá-las de forma harmônica. Essa equipe esta coligada ao Comando Estelar chefiado por Ashtar, que desde Havona (Centro dos Universos), tem disponibilizado a nave criadora Estrela Da Vida, que possui um diâmetro de cerca de 20 mil quilômetros, existindo entre as realidades dimensionais da 7ª a 38ª dimensões, conforme a necessidade de interação com as distintas realidades dos universos na qual ela se manifesta. A pedido do Conselho dos Anciões de Dias e do Conselho Cármico setorial do nosso Sol Monmatia, outras 3 naves dessa categoria estão sintonizadas e presentes dentro do campo gravitacional do nosso Sistema Solar, para permitir dessa forma a passagem e salto quântico estelar do sistema, em breve. Assim as forças rebeldes estão desesperadas, tentando desenvolver uma estratégia para destruir ou bloquear a atuação das forças de paz, e o ponto fraco encontrado, foi justamente a psique humana, que é vulnerável a ação negativa das ilusões e mentiras da guerra e outras energias que acabam por remover a centralização e ação das pessoas na transmutabilidade do próprio carma e das culpas que cada um carrega.

Dessa forma são os seres humanos o maior alvo das energias negativas, para fazer com que a humanidade entre nas egrégoras do umbral e com isso se afaste de si mesma e da consciência Crística, que foi implantada na Terra com o intuito de despertar a humanidade. Assim a guerra estelar está sendo travada dentro da Terra, dentro da psique humana e do subconsciente de todos que sem perceber alimentam os valores negativos, a ilusão, o egoísmo e muitas vezes o desalento da atual situação melindrosa e perigosa do planeta.

A frota de Metraton, representa um grande foco central das 3 Marias para unificar diversos grupos que a muitos milênios estão tentando se filiar a Federação Galáctica mediante seus esforços de paz e correção dos erros do passado. Dessa forma a Frota possui um Conselho Cármico que lhe permite desenvolver um programa de reconexão e seleção das almas que estão aptas a nova realidade existencial dentro do processo evolutivo que cada uma desenvolveu em seu livre arbítrio. A nave mãe Estrela da Vida, desenvolve um papel importante na conexão com as realidades recentes do Universo UNANA, que esta sendo preparado para a continuação dos ciclos conscientes de milhares de almas e de seres que já podem atuar dentro de uma realidade mais sutil e capaz de criarem novos conceitos evolutivos de intercâmbio cultural. Assim a humanidade que parte da Terra rumo a uma nova realidade mais sutil, passa a ocupar o lugar daqueles que se elevam para um gradiente mais sutil e com maiores responsabilidades criacionais. Toda a galáxia a qual pertencemos, está passando por essa elevação e todos terão que subir alguns degraus na escala vibracional. Shtareer tem trabalhado nas questões diplomáticas com grande parte dos grupos exilados e rebeldes, que estão tentando entrar em acordos para suportarem o salto quântico e ao mesmo tempo, entrarem em sintonia mais elevada e ajudarem a humanidade em sua cegueira. Porém Anhotak mobilizou uma frota de naves de alta tecnologia da Ordem do Dragão Negro de 13Aª dimensão em seu universo de Anagora e diversos grupos com potencial bélico e mental de grandes proporções, para tentar manter os portais abertos do umbral de todos os planetas em quarentena do sistema de Satânia.Isso representa cerca de 25 milhões de naves fortemente preparadas para criarem novos Portais dimensionais de polarização invertida, que permitem apenas a passagem de Anagora para nosso quadrante. Os pontos escolhidos para entrarem em nosso universo, são a grande estrela de Rigel, Vega, Sirius Beta, Chantek nas Pleiades, Formaliat e a antiga órbita de Madek em nosso cinturão de asteróides, que foram escolhidas como ponto avançado para uma nova realidade que eles estão tentando desenvolver, bem próximo da nossa localização.
Essa frota já foi detectada e avaliada como uma grande sombra sobre todas as almas que ainda insistirem e vibrar no egoísmo e na famosa lei do Gerson, de sempre levar vantagem sobre os outros. Assim dessa forma a escolha estará presente dentro da consciência de cada filho da criação. A separação do joio e do trigo será feita pelas nossas escolhas, e não pelo plano espiritual. Caberá a nós efetuar as respectivas escolhas e assumir as devidas responsabilidades do processo que se definirá em nossa jornada. A presença das frotas, são para dar garantia total a estrutura sideral e ao plano dévico dos sistemas e das raças que realmente estão na linha amorosa e querem colaborar com a nova ordem sideral de Cristo-Mahatma-Budica, que está formatada. O grande número das frotas de Shtareer e Metraton unidas as de Miguel, representam um poder Crístico e gerador de grandes vibrações de sustentação para o grande salto quântico setorial do nosso sistema estelar e quadrante de Satânia, que compreende milhares de estrelas e trilhões de almas em estágio evolutivo dentro de suas respectivas ilusões criativas do processo encarnacional.

Busquem dentro de suas vidas as escolhas mais harmônicas, para que possam assim superar as novas energias relativas da ativação sensorial do hemisfério direito do cérebro, que ira ativar a sensibilidade mediúnica e paranormal de toda a civilização da Terra, em todas as realidades existenciais, o que inclui a ativação do Umbral e da percepção sensorial dos templos e colônias dos desencarnados. O momento chegou, o amado Mestre Saint Germain e El Morya, a muitos anos vem afirmando que o tempo estava curto. Ele se esgotou e todos vocês estão verificando isso dentro de seus corações. Não adianta ficar em pânico, e sim trabalharem para recuperar o tempo perdido na busca de um reto viver, reto pensar e um reto agir para com o próximo. Nós somos seres estelares e não apenas terrenos, isso deve ser uma realidade dentro de todos nós, para que gradualmente nos preparemos para o contato com outras civilizações, que em breve estarão se manifestando e atuando dentro das nossas vidas de forma ativa, e não apenas por sonhos ou projeção astral.
Fiquem na paz de Cristo e busquem a sua verdade dentro do coração, e procurem visitar as frotas de merkabas de luz, quando estiverem dormindo ou meditando, para gradualmente darem inicio aos contatos psíquicos e extra-fisicos com os Mestres de luz e seus Comandantes.

EDIÇÃO E REVISÃO: iamfotonico.blogspot.com

EXTRAÍDO DE: mensagensgalacticas.blogspot.com
 

23 de mar de 2012

ATOMIC



"Toda estrutura quântica dos átomos possui uma relação direta com as outras realidades sutis dos Universos multidimensionais e interligados dentro do princípio das interações nucleares e gravitacionais, além do aspecto eletromagnético. Toda matriz de um átomo assim como sua geometria sagrada é uma projeção do lado espiritual, assim como a matriz genética de cada ser humano também o é."

"A vida flui do aspecto espiritual além dos patamares da Fonte de Micah, pois ele é um Filho Paradisíaco Criador, que emprega as energias do Infinito Pai-Mãe universal para gerar vida e programar um projeto de vida segundo as orientações dos Anciões dos Dias, para que as Mônadas de outros Superuniversos se manifestem através do amor de Micah. Estes acontecimentos estão registrados no eterno agora acima da 37 dimensão de consciência se comparada com oque vocês denominam de terceira realidade de consciência."

"Sabendo-se que cada dimensão vibra 1000 vezes mais rápido que a sua predecessora, pode-se ter uma ideia da velocidade e da densidade molecular dessa sua orbe de luz. As atuais descobertas da anti-matéria dos Gravitons, Takions, Quarks, mesons Pi e outras sub-partículas do átomo, demonstram claramente a existência de algo muito maior atrás das manifestações de vida. Os seus companheiros extraterrestres de realidade similares a de vocês na Terra, conhecem estas leis e as usam para gerar uma vida agradável e crística na busca de suas ascensões para os níveis mais sutis e menos densos."

"Cada corpo estelar tem que efetuar periodicamente saltos quânticos, para assim galgar mais um degrau de sua evolução rumo a reintegração com a Fonte setorial e posteriormente com a Fonte maior até chegar novamente ao núcleo de Havona e as sucessivas estruturas que existem além dela. Para tanto a vossa humanidade está passando por um vórtice ascensional de magnitudes estelares que só ocorre a cada 26 mil anos. Todas as formas de vida dentro dos mesmos devem ascender a uma nova realidade maior pré-estabelecida pela lei da sincronicidade, pois toda a Via Láctea está se preparando para passar por um formidável Portal estelar que a coliga ao grupo das 21 galáxias mais próximas, de forma a manifestarem em breve uma nova etapa evolutiva para o Criador Infinito. Assim todos os planetas e formas de vida devem elevar-se em suas respectivas oitavas de luz."

"Chegou o momento de analisarem vossa vidas e verificarem que cada impulso mental que manifestam é uma criação em potencial a ser direcionada aos Elementais da Natureza, portanto o potencial de criadores de vocês, deve ser reciclado com amor e não com ódio, pois esta é uma energia viva que atua nos planos sutis."

"Cada um de vocês é uma extensão de Mestres e de orbes superiores. Chegou o momento de seguir a máxima do Senhor Jesus Cristo, amar ao próximo como a si mesmo, mas antes devem aprender a  amar a si. Lembrem-se que o vosso cérebro emite luz e impulsos elétricos a cada segundo, justamente pela liberação do oxigênio no processo de oxi-redução molecular que sustenta as trocas de energia e a vida do corpo físico. Portanto essa energia é parte do processo indireto de propagação das energias para o Universo...aprendam a amar com sinceridade e estarão dando um passo para a espiritualidade holística."

Shtareer é um ser criador multidimensional,responsável pelos projetos e matrizes criacionais de diversos universos,tendo o superuniverso de Orvotón(do qual a Terra faz parte) como sua base operacional dentro dos 144 Superuniversos.
Por Rodrigo Romo.


20 de mar de 2012

CURIOSIDADES SOBRE O SUPER VULCÃO EM YELLOWSTONE

Uma boa matéria para entendermos melhor este "gigante adormecido".
Texto editado e fornecido pelo site: ceticismo.net




Na década de 1960, enquanto estudava a história vulcânica no Parque Nacional de Yellowstone, Bob Christiansen, do US Geological Survey, intrigou-se com algo que, estranhamente, não incomodara ninguém antes: ele não conseguia encontrar o vulcão do parque. Sabia-se havia muito tempo que Yellowstone possuía uma natureza vulcânica – daí todos os seus gêiseres e outras exalações vaporosas...e os vulcões costumam ser bem visíveis. Mas Christiansen não avistava o vulcão de Yellowstone em lugar nenhum. A única coisa que conseguiu encontrar foi uma estrutura conhecida como caldeira.
Quase todos, quando pensam em vulcões, imaginam as formas cônicas clássicas de um Fuji ou um Kilimanjaro, criadas quando o magma em erupção se acumula em um monte simétrico. Esse tipo de vulcão pode se formar com uma rapidez impressionante. Em 1943, em Parícutin, no México, um camponês se surpreendeu ao ver um trecho de sua terra fumegando.Em uma semana, ele era o proprietário aturdido de um cone com mais de 152 metros de altura. Depois de dois anos formara-se um vulcão com quase 430 metros de altura e mais de oitocentos metros de diâmetro.
 No todo, existem cerca de 10 mil desses vulcões visíveis na Terra, com apenas algumas centenas deles extintos. Mas existe um segundo tipo de vulcão menos famoso, que não envolve a formação de montanhas. São vulcões tão explosivos que se abrem numa única ruptura poderosa, formando uma vasta cratera, a caldeira. Yellowstone obviamente era deste segundo tipo, mas Christiansen não encontrava a caldeira em parte alguma.
Por coincidência, justamente naquela época, a NASA decidiu testar algumas câmeras novas de grande altitude tirando fotografias de Yellowstone. Um funcionário atencioso enviou algumas cópias às autoridades do parque para que pudessem utilizar nos cartazes dos centros de visitantes. Assim que Christiansen pôs os olhos nas fotos, percebeu por que não fora bem-sucedido em suas tentativas: praticamente todo o parque – 9 mil quilômetros quadrados – era uma caldeira. A explosão havia deixado uma cratera com quase 65 quilômetros de diâmetro – grande demais para ser percebida no nível do solo. Em algum momento do passado, Yellowstone deve ter explodido com uma violência bem além da escala de qualquer coisa conhecida pelos seres humanos.
Yellowstone, ao que se revelou é um supervulcão. Situa-se no alto de um ponto quente enorme, um reservatório de rocha pastosa que se eleva de pelo menos duzentos quilômetros sob a Terra. O calor do ponto quente é o que aciona todas as chaminés, gêiseres, fontes quentes e vulcões de lama. Abaixo da superfície existe uma câmara de magma com 72 quilômetros de diâmetro – mais ou menos da mesma dimensão do parque – e treze quilômetros de espessura no ponto mais espesso. Imagine uma pilha de TNT com mais ou menos o tamanho de Rhode Island, elevando-se uns treze quilômetros no céu e atingindo os cirros mais altos: é sobre algo que os visitantes de Yellowstone estão pisando. A pressão que tal concentração de magma exerce sobre a crosca elevou Yellowstone e o território que o circunda, cerca de meio quilômetro acima da altura que teria normalmente. Se aquilo explodisse, o cataclismo seria inimaginável. De acordo com o professor Bill McGuire, da University College de Londres, “não seria possível permanecer nem a mil quilômetros daquilo” enquanto estivesse em erupção. As consequências posteriores seriam ainda piores.
Desde a sua primeira erupção conhecida, 16,5 milhões de anos atrás, Yellowstone explodiu cerca de cem vezes, porém as três erupções mais recentes são as mais descritas. A última erupção foi mil vezes maior que a do monte Saint Helens.
Não há termos de comparação. A maior explosão dos tempos recentes foi a de Krakatoa, na Indonésia, em agosto de 1883, produzindo um estrondo que reverberou ao redor do mundo por nove dias e agitando as águas até o canal da Mancha. Mas se imaginarmos que o volume de material ejetado de Krakatoa teria o tamanho de uma bola de golfe, a maior das explosões de Yellowstone teria o tamanho de uma esfera atrás da qual poderíamos nos esconder. 
E ainda nem falamos das consequências climáticas.A última erupção de um supervulcão na Terra foi em Toba, no norte de Sumatra, 74 mil anos atrás. Ninguém sabe sua extensão; sabe-se apenas que foi colossal. Os núcleos de gelo da Groenlândia mostram que a explosão de Toba foi seguida de pelo menos seis anos de “inverno vulcânico” e só Deus sabe de quantas estações de más colheitas. Acredita-se que o evento possa ter deixados os seres humanos à beira da extinção, reduzindo a população global a nada mais do que alguns milhares de indivíduos (na Wikipédia se diz ter exterminado entre 60% e 75% dos seres humanos).
Os geólogos perceberam que somente uma coisa poderia causar tal fenômeno: uma câmara de magma inquieta. Yellowstone não abrigava um supervulcão antigo, e sim um ativo. Também mais ou menos nessa época eles conseguiram calcular que o ciclo de erupções do parque era de, em média, uma explosão gigantesca a cada 600 mil anos. O interessante é que a última ocorreu há 630 mil anos. Yellowstone, ao que parece, está com o prazo vencido.
Um documentário da BBC estima que no caso de uma erupção do Yellowstone, praticamente toda a vida animal e vegetal no continente seria exterminada. Não há meios de prever por quanto tempo haveria o “inverno vulcânico”, mas sua extensão seria medida em anos. Um “inverno vulcânico” é a redução da temperatura causada por cinzas vulcânicas e ácido sulfúrico obscurecendo o Sol e diminuindo o albedo (aumentando assim a reflexibilidade da Terra). Colheitas seriam prejudicadas, sem falar na economia, extremamente dependente de importações. Mergulharia a população mundial em um crise climática e econômica digna de uma distopia. Assustador no mínimo.





13 de mar de 2012

PLANETA DOS MACACOS

Arrisco uma crítica mais desencanada e livre dos temas geralmente abordados neste blog.
É que este filme é redondinho, bem construído e realmente entrega uma boa justificativa e razão para o grande sucesso de 1968 com Charlton Heston.
Lembremos que Planet of the Apes(1968), começa com uma experiência: cientistas tentam provar que ao viajar à velocidade da luz em uma nave espacial, o Tempo para eles passaria mais devagar do que para quem estava no planeta Terra. E de fato isto acontece e os astronautas retornam a uma Terra no futuro, aonde os símios governam.
Ao assistir Planeta dos Macacos / A Origem, descobrimos que humanos foram responsáveis pela ascensão destes animais. Na busca insana por lucros, fama e cura do Mal de Alzheimer, cientistas testam uma droga em símios e estes ganham maior capacidade cognitiva. Espera-se que em humanos a droga possa reverter a perda neuronal, a perda de memória e toda a atrofia cerebral que esta doença nos causa!
Nada dá certo para o laboratório investidor, mas eis que cresce um símio que herdou genes de uma falecida mãe e tratada com o medicamento. Como não há problemas cerebrais a serem tratados neste pequeno filhote,a droga acaba por potencializar suas faculdades.
Se eu tivesse que dizer quem é o personagem mais fraterno e solidário desta trama, fico com César!
Este chega ao cúmulo da elegância, honra e respeito, bem diferente dos humanos em questão. César evolui dramaticamente, entendendo que não é humano e nem macaco, é um mutante,um ser diferenciado.
Quando César se cansa de sua própria parcimônia,ai o bicho pega!!!
Ele lidera um grande grupo de irmãos enjaulados e partem todos para a revolução em plena San Francisco.
O final é simplesmente brilhante e aterrorizador: César chega no ouvido de seu "pai humano", em uma bela floresta, e diz: "Cesar is home"!!!UAU!!! O cara constrói uma frase!!! Tanto Cornelius como Zira, personagens símios da edição de 1968, devem ter coçado a orelha lá bem longe no futuro...

9 de mar de 2012

PÉROLAS DO COMANDO ESTELAR 01



Aguardem a adoção, pelo reino animal, de características e compreensão quase humanas, e com razão, pois à medida que desocupamos nossos reinos de compreensão anterior e assumimos nossa divindade, os animais irão se aventurar a preencher o vazio, elevando-se a uma condição quase humana. Simultaneamente haverá a humanização do mundo inferior dos Elementais e dos espíritos da natureza. Eles são, atualmente, quase humanos, e têm direito de assumir sua plena humanidade.”

“Novamente, haverá intervenção maciça e amistosa de extraterrestres a nosso favor, pois, a partir de agora, as forças das trevas não podem e não terão permissão de nos tornarem obsoletos. Se isso acontecesse desta vez, toda a comitiva de planetas de nosso sistema solar seria impedida de entrar com sucesso no Cinturão de Fótons.
Entrar no Cinturão de Fótons (consciência Crística) como planeta, é nossa causa e objetivo incondicionais. A única ponderável é se você e eu seremos bem sucedidos nessa entrada. Nosso livre-arbítrio e nossas escolhas individuais prevalecerão. Como já se afirmou, a previsão é que apenas cerca de um terço da população mundial seja bem sucedida em sua escolha de avançar para os reinos do Cinturão de Fótons. Esses dois bilhões de almas desfrutarão, perdurarão e viverão uma vez mais naquela Era Dourada mencionada tantas vezes pelos antigos.”

“Quando nossos corpos e consciência se reformarem em luz, o pensamento, e não a ação física irá determinar o nosso ‘cardápio do dia’. Nessa nova modalidade, os pensamentos “na verdade etéricos” são mais reais do que ações físicas – somos o que pensamos naquele momento.
Como nos encontramos na consciência da quarta dimensão, somos etéricos e estamos expostos a tudo. Cada um de nós será como uma tela de televisão projetando nossos pensamentos para todos verem e ouvirem. Não conseguiremos mais esconder a maldade, a avareza e a cobiça, o ódio, a luxuria, trapaça ou desonestidade. No minuto em que pensarmos em algo, nos transformaremos nele. Tornamo-nos um livro aberto, livre dos grilhões, a não ser os que criamos para aquele momento, que devem ser retificados instantaneamente com amor, luz e perdão para não sermos objeto das penalidades inerentes e da possível expulsão da realidade de quarta dimensão, de volta para a terceira.”

“Permitam que seus filhos vão aos seus compromissos através de seus próprios meios, se isso os deixar contentes. Vocês poderão perceber que eles podem estar praticando determinando esporte, ou indo ás aulas de música apenas porque “é vontade do pai ou da mãe...” Se isso não lhes traz alegria, então porque fazer? Se o pai gosta tanto de esportes, que ele participe de um time amador de adultos. Se a mãe quer tanto as aulas de música, que ela tenha as aulas e pratique muito.”




8 de mar de 2012

ART ON FACEBOOK: TOMASZ ALEN KOPERA

From: The Macabre and the Beautifully Grotesque
Artist: Tomasz Alen Kopera
        Born in Kozuchow,Poland in 1976/oil on canvas
        all rights reserved/copyright tomasz alen kopera







NOTÍCIAS DO SITE APOLO 11.COM

Pode o asteroide 2012 DA14 se chocar contra a Terra em 2013? 



Começa a circular na internet um novo boato de que um grande asteroide deverá se chocar contra nosso planeta em 2013. Como o boato deverá se espalhar à medida que o tempo passa, preparamos esse artigo com objetivo de esclarecer nossos leitores, curiosos em entender melhor o que está acontecendo.

Antes de falar sobre o asteroide, é importante destacar que todo ano é divulgada uma nova possibilidade de ameaça contra nosso planeta. São explosões solares intensas, cometas controlados por entidades secretas, sons estranhos vindos do céu ou então terremotos induzidos pelos americanos através do Projeto Haarp.
Até hoje, não se sabe exatamente como esses boatos começam, mas não há qualquer dúvida de que se espalham com muita rapidez. Para piorar as coisas, quase sempre a informação se propaga de forma equivocada, alicerçada por dados científicos quase sempre vindos de fonte duvidosa ou inexistente.

2012 DA14
Agora, a bola da vez é o asteroide 2012 DA14, descoberto no final de fevereiro por astrônomos do Observatório Astronômico de La Sagra, na Espanha. O objeto tem aproximadamente 45 metros de diâmetro e sua órbita é muito parecida com a terrestre. Quando foi descoberto, se localizava a cerca de 2.5 milhões de km do nosso planeta, seis vezes a distância entre a Terra e a Lua.
Os gráficos orbitais mostram que 2012 DA14 passa a maior parte do seu tempo bem distante do nosso planeta. No entanto, o caminho que a rocha percorre no espaço a traz para perto da Terra duas vezes por orbita. Isso acontece a cada seis meses e a última vez que essa aproximação ocorreu foi em 16 de fevereiro de 2012, o que permitiu sua descoberta.

Próxima aproximação
Em 15 de fevereiro de 2013 ocorrerá a próxima aproximação entre a Terra e 2012 DA14 e de acordo com cálculos feitos recentemente, a menor distância entre os dois objetos será de aproximadamente 27 mil quilômetros. Apesar de ser uma distância bem pequena - inferior a dos satélites geoestacionários - as chances de impacto contra a Terra são desprezíveis, estimada em zero na Escala Torino, que vai até 10.
Estima-se que 2012 DA14 tenha uma massa de 120 mil toneladas. Se atingisse nossa atmosfera, produziria um choque similar ao do impacto de Tunguska, ocorrido no início do século 20 acima dos céus da Sibéria.

Aproximações futuras
Se a distância do asteroide em 15 de fevereiro de 2013 permite classificar as chances de impacto como zero na Escala Torino, como serão as probabilidades futuras?
Responder a essa pergunta não é tão fácil como parece e depende de inúmeros fatores. Quanto maior o número de observações feitas pelos astrônomos, maior é a precisão do calculo orbital do objeto. Até 5 de março, segundo o Centro para Objetos Próximos à Terra, NEO, da Nasa, a possibilidade de impacto entre 2020 e 2057 se mantinha em zero, apesar de previsão de distâncias ainda menores que fevereiro de 2013.
A partir de 2020 até 2057, 2012 DA14 fará uma série de rasantes bem próximos à nossa atmosfera. Em 15 de fevereiro de 2026, por exemplo, estima-se que a rocha passará a apenas 890 km de distância e em 2033 essa distância será ainda menor, de 512 km. Em 16 de fevereiro de 2040 o asteroide chegará ao menor valor previsto, de apenas 448 km.
Muito embora sejam valores muito próximos de nossa atmosfera, as chances de impacto, segundo o NEO, permanecem em zero. No entanto, à medida que mais observações forem feitas novos resultados deverão ser divulgados, aumentando ou diminuindo o risco de colisão.
No momento, a única afirmação correta é que não há qualquer chance de impacto para fevereiro de 2013. Para os outros anos, ainda é muito cedo para qualquer afirmação.
Apenas para situar melhor o leitor, em outubro de 2008 o asteroide 2008 TS26 chegou a apenas 6150 km e em março de 2004 a rocha 2004 FU162 passou a 6535 km de distância.

Arte: O gráfico mostra as orbitas da Terra e do asteroide 2012 DA14. O caminho que a rocha percorre no espaço a traz para perto da Terra duas vezes por orbita. Isso acontece a cada seis meses e a última vez que essa aproximação ocorreu foi em 16 de fevereiro de 2012. Em 15 de fevereiro de 2013 ocorrerá de novo, com a rocha atingindo apenas 27 mil quilômetros de distância. Crédito: JPL/Nasa, Apolo11.com.


2 de mar de 2012

ENSAIO: "OCEANO DE HIGGS"

Voltemos a 13,7 bilhões de anos, no suposto Big Bang e início do universo físico!
A velocidade da luz era a ordem imperativa para tudo oque chamamos de partículas e sub-partículas. Oque interessa deste momento é que os termos "massa" e "peso" ainda não existiam. A união de partículas, para a formação de um corpo tipo o nosso, não era possível. Tudo se movia isoladamente e na velocidade da luz e sendo assim tudo era pura energia.
Mas como nos tornamos matéria, aquilo que possue massa e peso? Não sabemos!
Peter Higgs teorizou o hoje chamado oceano de higgs, um tecido cósmico que se formou logo após o Big Bang e que cumpre uma única função hipotética: reduzir a velocidade da luz de tudo oque existia...menos do fóton, que continua livre perambulando pelo universo, aguardando seu melhor entendimento.
Oque se intui, é que a partícula desconhecida, a "Partícula de Deus", em quantidades infinitas no começo do universo, se uniu para a formação deste tecido cósmico invisível e este trouxe resistência a todos os quarks, transformando-os em elementos químicos e passíveis de relacionamentos. Quero dizer que uma partícula só ganha materialidade porque ela sofre a força de cruzar ou "andar" neste oceano bosônico.
Mas fica o grande enigma científico sobre a nossa existência física: e se não existir o bóson de higgs?
E nem matéria e massa? Ilusão? Um grande sonho?
Tudo é somente energia?...sim, este é o teorema de todo espiritualista!

GIRO PELO PLANETA: LUZES NA EUROPA