26 de abr de 2012

FIELD OF DREAMS

"CAMPO DOS SONHOS"
Sempre que sinto vontade de chorar mas as lágrimas não acontecem,assisto o final deste filme.Pura poesia!

“If you build it he will come”,a famosa frase-motor do filme, já foi tão citada em paródias de filmes americanos e em outras fontes, que se fortificou em nosso imaginário. Acaba por nos confortar e trazer a esperança que podemos ir fundo em nossos sonhos...eles de alguma forma acontecerão. Reforça também o que muitos mestres iluminados receitam a milênios: construa e modele seus pensamentos e sentimentos no que você deseja precipitar no plano físico. Porém sem o toque final, a ação física, pensamento-sentimento algum pode surgir.
É mais ou menos o que acontece com Ray kinsella(Kevin Costner): ele é um fazendeiro em Iowa que de repente começa a ouvir sua “voz interior”e a respeitá-la. Com isto uma belíssima trama se inicia em “Campo dos Sonhos”, um filme que transita maravilhosamente bem entre faixas sutis da realidade física e dos mundos pós-morte. Ray acabará por construir um campo de baseball aonde jogadores lendários do passado irão surgir misteriosamente. Alguns através de seu milharal e um em especial, vivido por Burt Lancaster, surgirá de uma maneira que nos remete aos sonhos e ao plano astral. E Ray kinsella irá se encontrar com o enigma (e realização de seu sonho) “IF you build it he will come”de uma forma tão bonita, mas tão bonita, que só podemos nos emocionar e chorar...
Não há como dar explicações a este filme sob uma ótica espiritualista e nem podemos encarar uma narrativa desta forma. O roteirista e o diretor optaram por deixar rolar as emoções, sem justificativas.
Devo fazer um reconhecimento geral aos atores e esta é uma das razões para este texto. Todos estão muito bem conectados com a trama. Kevin Costner e Ray Lyotta nunca mais conseguiram fazer atuações tão brilhantes. Os dois são chegados a olhares vazios, parecem sempre meio distantes do mundo e dos filmes. Mas neste não, aqui eles até parecem gente mesmo. Amy Madigan é tudo o que um homem quer: a mulher que acredita no sonho do marido(Ray) de tal forma que o cara vai fundo atrás dele, mesmo sem saber o que realmente procura.
James Earl Jones, nossa querida voz de Darth Vader, é a cola, o link que transporta o mundo onírico do enredo para a realidade dos sonhos frustrados da nação americana.
Mas quem bota pra fuder mesmo é Burt Lancaster!!! Acho que este foi seu último papel no cinema e o ator não perde a forma: sua beleza física e charme continuam vivos. Ele é a doçura e a ternura; funciona como um grande pai eterno, carinhoso, amoroso e cuidadoso com o próximo.
Quando no fim do filme o pai de Ray, surgindo do mundo dos mortos, entra no campo de baseball, acontece um diálogo entre eles, mais ou menos assim:
_Is there a heaven?
_Oh yeah! Heaven is the place where dreams come true!
E isto vale tanto para nós seres humanos aqui como para quem já se foi...Grande filme poético.
  

25 de abr de 2012

ESTUDANDO COM OS MESTRES: MAHA CHOHAN

" OS ELÉCTRONS "
Discursos de Maha Chohan

"Os eléctrons mantém-se dentro de um ininterrupto movimento e oscilam ou vibram inalteradamente em vosso corpo. Nada mais são do que um mar ondulante de luz, em constante redemoinho, girando e movendo-se dentro de sua revolução especial, semelhante à maré do oceano: "daqui até ali" e não mais além. Portanto esses eléctrons circundantes formam os membros do corpo! A atividade vibratória de todo corpo é determinada pelo tom fundamental da emanação de vida.
A frequência vibratória do homem encontra-se abaixo de sua harmonia natural, e os eléctrons de todos os 4 corpos inferiores, na maioria das pessoas, movimenta-se vagarosamente, bem mais lentos do que sua frequência original. Quanto mais vagarosos forem seus movimentos, tanto mais densos a mente e o corpo. Quanto mais acelerados os eléctrons, mais luminoso é o homem. Nos Mestres Ascensionados, os eléctrons vibram tão aceleradamente, que os tornam invisíveis ao olho humano, como a hélice de um avião em movimento."

"Quando pela manhã, começais vossa contemplação, deveis ter a sensação de nadar ou vagar no mar de luz; procurai sentir a luz tal qual como a água do oceano, dentro e em volta de vós, assim não sentireis o menor esforço ao fazerdes vossos apelos diários."

"É prudente que o discípulo atento ou esclarecido gere apenas conscientemente, formas-pensamentos de um Mestre, de Anjos ou a expressão da beleza, saúde, perfeição, força, bem-estar e prosperidade. Esses cálices (moldes) irão atrair de imediato, do coração dos seres perfeitos, a substância do Universo e, em parte,enriquecer o ambiente no qual o discípulo vive."

"Pessoas adormecidas espiritualmente, são da opinião que a vida lhes pertence por direito. Com despreucupado atrevimento ou cinismo, qualificam o mundo que as cerca, por meio de pensamentos imorais, sentimentos destrutivos, palavras ofensivas, atitudes violentas, oque naturalmente retorna ao seu eu-personal, em forma de dificuldade para controlar seus desejos desenfreados de cobiça."

"Não podeis usar um filme tirado em vossa viagem ao Havaí e no momento de projetá-lo esperar que apareçam imagens de outra viagem. Esta fita aceitou os acontecimentos que, naquela determinada época, vossa câmera cinematográfica estava focalizando. O mesmo acontece com a vossa corrente-contínua da essência vital. Imprimis, exatamente, aquilo que, em determinado momento, pensais e sentis, e isto é apresentado ao vosso corpo interno."

19 de abr de 2012

LUGARES DO BRASIL: SÃO PAULO

A série "LUGARES DO BRASIL" apresenta trabalhos de outros fotógrafos porém com uma rápida manipulação através do Photoshop.
Foto de: Guilherme Gaensly,um pioneiro na arte dos "cartões-postais" no começo do século XX 



18 de abr de 2012

MENSAGENS DO COMANDO ESTELAR


de:mensagensgalacticas.blogspot.com


1. Poucos são os que têm qualquer ilusão sobre o que está a acontecer, embora alguns ainda não estejam convencidos que esses fatos sejam do interesse da Raça Humana. Normalmente essas pessoas não estão em contato com fontes de informação fidedignas e, deste modo, falta-lhes informação suficiente para fazer um julgamento esclarecido. Raramente possuem os níveis de consciência requeridos para ver para lá das mudanças físicas, e alguns têm pouco conhecimento, ou mesmo nenhum, da Ascensão. No entanto, como acontecerá com todos os outros, antes de chegar ao fim do ano, terão oportunidade de tomar conhecimento dos fatos e como serão afetados por eles. Deste modo, seja o que for em que acreditem, o fim dos tempos irá alterar a vidas das pessoas, quer elas estejam ou não preparadas. Um novo ciclo significa um novo começo e não há possibilidade do ciclo antigo ser perpetuado. Realmente, é do interesse de todos partir para uma nova experiência que seja compatível com os níveis de evolução de cada um.

2. Onde forem encontradas pessoas confusas, pedimos aos trabalhadores da Luz para serem firmes e avançarem, porque, nesta ocasião o seu conhecimento é vital, pois pode servir para contornar as dificuldades delas e minimizar a possibilidade de se tornarem pessoas com medo. Como foi dito muitas vezes, não há que ter medo a não ser do próprio medo e, apesar das circunstâncias, o mundo não vai terminar numa catástrofe. Está tudo planejado para que o maior número de almas possível esteja preparado para ascender. No entanto, não será feita nenhuma pressão sobre as pessoas que escolherem permanecer na terceira dimensão, mas para continuar a experimentá-la, terão de mover-se para outro sítio. Também não será considerado falha não ter alcançado a Ascensão, porque têm vida infinita e liberdade absoluta para permanecer tanto tempo quanto quiserem na vibrações mais baixas. No final, todas as almas irão elevar-se, porque é impossível continuar a resistir às vibrações mais altas durante um largo período de tempo.

3. A nossa missão progrediu muito nos meses mais recentes, pois estamos envolvidos com mais proximidade nos acontecimentos que estão a ocorrer na Terra, e continuará desta maneira até que os últimos representantes das trevas saiam do vosso caminho. Então poderemos avançar para outra fase que nos permita envolver mais nas vossas vidas, ajudando-vos a ascender. Ireis encontrar a vossa Família do Espaço e os Seres da Terra Interna que também têm parentesco convosco, e tereis muito para aprender. A vossa História está longe de ser precisa e há muito que endireitar porque foi mal interpretada ou falseada, e abrange muitas Instituições tidas como “respeitáveis.”

4. A cada dias estamos mais perto de poder fazer surgir o dia da declaração/divulgação e então, entramos noutra fase da nossa missão. Será uma época de grande alegria em todo o mundo, para celebrar a vossa liberdade recentemente adquirida. As diferenças antigas e os desacordos históricos irão esfumar-se no passado, que é onde pertencem. Será descoberto que foram usados deliberadamente pelos das trevas para manter viva a idéia da separação. Agora iremos ver as pessoas unir-se com amizade e boa vontade. A paz de longa duração é desejada profundamente por todos vós e, finalmente, será o que ireis ter.

5. Queridos, quando dizemos que tudo será resolvido, queremos significar isso mesmo, e a vida tornar-se-á muito gratificante e desfrutável. Serão afastadas todas as preocupações que têm agora e, em vez de uma vida angustiante, será uma época muito agradável para usufruirem passatempos e atividades que descontraem. Nunca houve intenção de serem criados para ser escravos do vosso trabalho, ou para viver num nível em que estivessem sempre em carência. Serão esse tipo de coisas que vos diremos para vos erguer e, muito em breve, a vida tornar-se-á numa experiência gratificante. Referimos muitas vezes essa diferença em relação ao passado, e foi um aspecto muito importante do nosso serviço para convosco.

6. Os que pertencem às trevas dificultaram constantemente o vosso acesso a inventos que vos teriam proporcionado um padrão de vida muito mais avançado, mas que foram usados para ampliar as suas ambições de poderio militar para subjugar o mundo. Muitos deles foram negados e, em breve, estarão à vossa disposição, e terão um grande impacto nos vossos meios de comunicação e transporte. A falta de alimentos será algo do passado e ninguém morrerá de sede. A confiança e o amor irão substituir a dúvida e o medo, e os povos de todo o mundo irão unir-se para se tornarem numa única Raça Humana, seja qual for a cor da pele ou outras diferenças.

7. No nosso nível de consciência compreendemos que as vibrações espirituais colocam as almas em níveis diferentes, mas não quer dizer que estejam separadas de nós, porque podemos vir e ir, como fazemos convosco, na Terra. Quando mais se elevarem, mais facilmente compreenderão que o serviço aos outros significa ajudar aqueles que seguem as vossas pegadas. Dizemos de novo, que a vossa História praticamente não menciona nenhuma interação  conosco, embora tenhamos tido grande influência no desenvolvimento da vossa civilização. Um certo número de artefatos misteriosos que parecem não ter cabimento na vossa História atual, resultaram das nossas visitas à Terra. Por vezes, permanecem escondidos porque a sua existência não pode ser comprovada, além disso, existe relutância em mencionar a possibilidade de terem ligação com visitantes Extraterrestres.

8. Abram as mentes a todas as possibilidades à medida que aprendeis mais sobre nós, e tenham a certeza que iremos relatar-vos os múltiplos contatos havidos. Nós, e outras civilizações, contribuímos para a vossa linhagem durante milhares de anos, e sois o resultado de uma série de raças diferentes que contribuiu para a evolução do vosso DNA, que começou com os *Lirianos. São fatos da vossa evolução sobre os quais vos elucidaremos melhor, pois é chegada a hora de saberem a verdade.

9. Não haverá mais necessidade de acumularem riqueza porque terão sempre o suficiente para colmatar as vossas necessidades. Será redistribuída e irá conduzir a uma vida com qualidade. E também irá assegurar que ninguém fique em carência ou na pobreza. Também dentro em breve verão mudanças nos métodos antiquados de tratamentos médicos, a ser substituídos por novos que serão mais suaves e eficientes. Câmaras e cubículos de tratamento irão substituir os hospitais dos dias de hoje. Estes métodos tecnologicamente avançados são totalmente bem sucedidos e muitos podem curar instantaneamente. Poderíamos dizer que podemos fazer tudo de novo, mesmo a reconstituição de membros ou de outras partes do corpo que estejam em falta.

Eu Sou SaLuSa de Sírio, e estamos encantados por darmos informações sobre o que vos espera muito em breve. Vivam sempre com amor nos vossos corações.

Obrigado SaLuSa.
Mike Quinsey.

STUDY REVEALED



A ORIGEM DO LIVRO DE URÂNTIA


Desde 1955 vem sendo editado nos Estados Unidos "O Livro de Urântia", uma revelação divina de 2100 páginas, apresentada por 24 personalidades celestiais. Esse belíssimo Livro descreve a Divindade e a evolução de toda a Criação, desde a Ilha do Paraíso e os mundos perfeitos de Havona até além dos 7 superuniversos do tempo-espaço, cada um deles com 100 mil universos locais. No sétimo superuniverso (Orvônton, uma elipse com 500 mil anos-luz de diâmetro maior) encontra-se o nosso universo de Nébadon, governado por Cristo Micael (Filho Criador Maior Micael de Nébadon) e pela Ministra Divina de Sálvington, Filha do Espírito Infinito, com o auxílio de seu primogênito Gabriel. As 700 páginas finais do Livro relatam a vida de Jesus entre nós, a religião viva, que pretendemos sintetizar posteriormente.




 por Meredith J. Sprunger

Anos de experiência revelam que a primeira coisa que as pessoas desejam saber sobre O Livro de Urantia, é quem o escreveu. Quais foram as circunstâncias de sua origem? De pouco serve dizer-lhes que o livro deve ser julgado pelo seu conteúdo, e não por declarações de autoria literária. Devido às condições de nossa cultura, naturalmente nos inclinamos a depender de fontes e autoridade para avaliar publicações. A literatura religiosa, em particular, é avaliada deste modo.

A autenticidade de indivíduos, grupos religiosos, ou da literatura que declara a autoridade da revelação é sempre questionada. A autoridade nunca é um critério filosófico da verdade. Só há duas formas de abordar esta pergunta.

Primeiro pode se fazer um juízo pessoal baseado na qualidade do material que está sendo avaliado. A outra forma de estabelecer a autenticidade da revelação é mediante a opinião da sociedade através de anos de experiência histórica. A tradição social é uma influência poderosa. Mesmo quando os eruditos Bíblicos, como Rudolf Bultmann declaram que nosso confiável conhecimento histórico é tão pobre que "Quase nada podemos saber acerca da vida e personalidade de Jesus", poucas pessoas ficam preocupadas por tais declarações. Nossa experiência histórica tem validado socialmente a qualidade do Novo Testamento.

Atualmente, não existem tradições sociais vinculadas com O Livro de Urantia. Ele deve ser analisado e avaliado pela qualidade de seu conteúdo. Embora exista pouca relevância em se determinar a qualidade do livro, existe duas fontes de informação relativas a sua origem.


A explicação do autor

A primeira consideração acerca da origem do Livro de Urantia se encontra dentro de suas próprias páginas. Nos é dito que os documentos foram autorizados por autoridades da alta deidade e escritos por numerosas personalidades supra mortais. Estes documentos são designados como a Quinta Revelação Epocal para nosso planeta, Urantia. Datadas desde 1934 d.C., as cinco revelações epocais são:

1.      1.      Dalamatia há 500.000 anos.
2.      2.      Adão e Eva há 37.848 anos.
3.      3.      Melquisedeque em 1980 a.C.
4.      4.      Jesus 7 a.C.
5.      5.      O Livro de Urantia 1934-1935 d.C.

Os autores (reveladores) reconhecem a dificuldade de descrever as realidades da eternidade na linguagem do tempo. Nos é dito que severas limitações foram postas ao conhecimento no qual foram permitidos compartilhar conosco. Eles explicam que toda revelação espaço-temporal é parcial e incompleta, necessitando periodicamente ser incrementada no processo de desenvolvimento planetário.

Em termos gerais, os autores discutem os problemas de comunicação que encontraram entre seu nível espiritual de realidade do universo e o nosso nível material de existência mortal. Eles revelam que fizeram contato através do  Ajustador do Pensamento (espírito de Deus interior) de um ser humano particular em nosso mundo. Nos é assegurado, entretanto, que esta técnica de comunicação do Ajustador do Pensamento não está relacionada com o "espiritismo", "mediunidade" ou "canalização". Os detalhes específicos não são discutidos.


A história humana

A segunda fonte de informação relativa à origem do Livro de Urantia é a parte humana da história.
Subseqüente a minha descoberta do livro em dezembro de 1955, e após apresentá-lo a alguns de meus amigos clérigos, passamos anos investigando o aspecto humano da origem do livro. A seguinte informação resume nossos achados.

Descobrimos rapidamente que os documentos foram recebidos por um pequeno grupo de pessoas em Chicago. Seu líder era o Dr. William S. Sadler. Dr. Sadler era um psiquiatra altamente respeitado que lecionava na Post-graduate School of Medicine, na Universidade de Chicago. Por quase trinta anos ele foi também conferencista em "Consultoria Pastoral" no Seminário Teológico McCormick.

Dr. Sadler disse-me que em meados de 1920, um grupo de pessoas de todos os tipos de vida, reunia-se em sua casa para debater sobre tópicos psicológicos e médicos. Este grupo foi conhecido como "o Foro". Através de uma série de eventos neste grupo de discussão, foram estabelecidas comunicações entre os reveladores e membros do Foro, por meio da Comissão de Contato. Muito mais tarde, os membros do Foro criaram a Fundação Urantia e publicaramO Livro de Urantia.

Dr. Sadler examinava candidamente qualquer questão que nós perguntávamos a ele, mas ele não quis falar sobre duas coisas: o nome do indivíduo cujo Ajustador do Pensamento foi usado na materialização dos escritos de Urantia e a forma extraordinária em que eles apareceram. Dr. Sadler disse que eles foram solicitados a fazer votos de segredo com respeito a estes dois temas. Quando eu perguntei por que essas restrições lhes foram impostas, ele me apresentou as seguintes razões:

1.                "A principal razão para não revelar a identidade da pessoa de contato, é que os reveladores não querem que nenhum ser humano - nenhum nome humano - jamais seja associado ao Livro de Urantia. Eles querem que esta revelação se sustente com suas próprias declarações e ensinamentos. Eles estão determinados a que gerações futuras tenham o livro inteiramente livre de toda e qualquer ligação mortal - não querem um São Pedro, São Paulo, Lutero, Calvino ou Wesley. O livro não tem nem mesmo o nome ou alguma marca do tipógrafo que o trouxe a existência".

2.                "Há muita coisa sobre a aparição dos escritos de Urantia que nenhum ser humano compreende totalmente. Ninguém sabe exatamente como foi executado este fenômeno. Há numerosos elos perdidos na história de como esta revelação veio a aparecer escrita em inglês. Se alguém dissesse tudo o que sabe realmente sobre esta técnica e os métodos empregados na obtenção desta revelação, tal narração não satisfaria a ninguém, existem muitos elos perdidos".

Nosso grupo de ministros descobriu uma possível referência ao indivíduo envolvido de alguma maneira na materialização do Livro de Urantia. Isso é encontrado no apêndice do livro de Sadler, "The Mind at Mischief", publicado em 1929. Diz:

"Dezoito anos de estudo e cuidadosa investigação fracassaram em revelar a origem psíquica destas mensagens. Encontro-me neste momento, justamente onde estava quando comecei. Psicanálise, hipnotismo e comparação intensiva fracassaram em mostrar que as mensagens escritas ou ditadas por este indivíduo tiveram origem em sua própria mente. Muito do material conseguido através deste sujeito é bastante contrário a seu pensamento habitual, à maneira em que ele foi ensinado, e a toda sua filosofia. De fato, do muito material que conseguimos, falhamos em encontrar qualquer coisa de sua natureza existente. Seu conteúdo filosófico é muito novo, e somos incapazes de achar onde muito disso encontrou expressão humana". (p. 383).

Durante a investigação do Dr. Sadler sobre este fenômeno, ele consultou homens como Howard Thurston, o renomado artista que dedicou um tempo considerável para desmascarar médiuns e psíquicos fraudulentos. Ele também conferenciou com Sir Hubert Wilkens, o famoso cientista e explorador envolvido na investigação de fenômenos psíquicos. Eles concordaram que os fenômenos relacionado com este indivíduo não podiam ser categorizados com outros tipos de fenômenos psíquicos, tais como escrita automática, telepatia, clarividência, transes, mediação de espíritos ou personalidade dividida.

Em 7 de maio de 1948, nosso grupo de ministros se reuniu com o Dr. Sadler para conversar sobre a origem do Livro de Urantia. Ele nos deu uma listagem de papel sobre todas as formas imagináveis da mente subconsciente ou atividade psíquica. No final da planilha, uma nota dizia "A técnica da recepção do Livro de Urantia em inglês não é de forma alguma paralela ou incide em nenhum dos fenômenos da consciência marginal acima mencionados". Ele acreditava que a aparição dos escritos de Urantia estava associada a alguma forma de atividade mental supraconsciente. Em diversas ocasiões, o Dr. Sadler me disse que não sabia como a materialização fora consumada. Disse que quase tudo o que se sabia acerca da origem do livro era encontrado em vários lugares do mesmo.

Em 1939 os reveladores pediram que os líderes do Foro buscassem voluntários que quisessem se reunir a cada quarta-feira pela tarde para estudar séria e sistematicamente os escritos de Urantia. Setenta pessoas se ofereceram e tornaram-se conhecidas como "Os Setenta". Os Setenta foram treinados através de diretrizes dos reveladores e por seus próprios líderes, até o momento da publicação do Livro de Urantia. Foi dada especial ênfase ao processo evolutivo envolvido na aceitação da nova verdade. O perigo de utilizar métodos de difusão indiscriminados ou revolucionários para se apresentar a mensagem do Livro de Urantia foi frisada.

Na preparação para a publicação do Livro de Urantia, Dr. Sadler e Bill Sadler escreveram uma introdução. Numa sessão de contato lhes foi dito que embora suas intenções fossem boas, aquilo não era aceitável - "uma vela dificilmente pode iluminar o sol". No momento adequado, foram garantidos, uma introdução seria entregue. Quando receberam o Prólogo, Dr. Sadler percebeu totalmente a impropriedade de sua própria introdução.

Entretanto, eles estavam autorizados a compor um "Sumário" para o livro. Bill Sadler compilou os títulos, os cabeçalhos de seção e em várias partes do livro esquematizou algo do material, preparando assim o "Sumário". O Dr. Sadler e outros membros da Comissão de Contato me asseguraram que nenhum ser humano escreveu nenhuma parte do livro. Um indivíduo, que não era membro da Comissão de Contato, fez sugestões para "melhorar" um dos escritos e foi vigorosamente avisado de que nenhuma adição humana ao livro seria permitida. Toda as precauções foram tomadas para publicar a mensagem do texto exatamente como os reveladores o haviam dado.

Após muitos anos de estudo, eles foram autorizados a publicar o livro. Foram alertados que ainda que muitas pessoas receberiam com agrado esta extensa apresentação de verdade espiritual, a população como um todo não estava preparada para isso. A Quinta Revelação Epocal foi determinada como um fenômeno evolutivo que lentamente lançaria raízes em nossa sociedade. 


Julgue pelo Conteúdo

Os acontecimentos associados com a origem do Livro de Urantia não têm nada a ver com sua verificação da verdade ou da qualidade. Isto cada um deve julgar por seu conteúdo e o fruto espiritual que ele produz. A mensagem do Livro de Urantia tem surpreendente auto-verificação e consistência histórica-filosófica. Todavia, em última análise, o espírito interior de Deus é a realidade fundamental que deve avaliar sua mensagem.



© Copyright 2003. Todos os direitos reservados.

11 de abr de 2012

"TODOS A BORDO:EXPRESSO BURACO DE MINHOCA VAI PARTIR"

www.inovacaotecnologica.com.br (com pequena alteração de lay-out do original publicado)
E com informações da New Scientist - 24/03/2012




Matéria com energia negativa
Todos a bordo do Expresso Buraco de Minhoca, rumo à primeira viagem realmente espacial da espécie humana.
Calma, não precisa correr, porque as passagens ainda não estão à venda.
A novidade é que parece que não é tão difícil quanto se imaginava construir esses túneis que unem localidades diferentes do espaçotempo - ou abrir portas para outros universos.
Estima-se que quem entrar em um buraco de minhoca poderá reaparecer instantaneamente perto de Plutão, ou na galáxia de Andrômeda, ou em qualquer outro lugar do Universo, ou mesmo em outro universo - sem a chatice da viagem.
Por enquanto, os buracos de minhoca estão apenas nos livros de teoria: ninguém nunca detectou um e nem tampouco existe um projeto para construir um deles.
E não é por acaso: a mesma teoria que garante que eles são possíveis afirma que eles são intrinsecamente instáveis, e costumam se fechar antes que você embarque em sua nave espacial.
A única saída é alimentá-los com uma forma exótica de matéria com energia negativa, algo cuja existência é posta em dúvida por muitos físicos.

Buraco de minhoca factível
Mas, agora, tudo mudou - esclareça-se, tudo mudou na teoria.
Um físico grego e dois alemães demonstraram que pode ser possível construir um buraco de minhoca sem usar nem um só saco desse cimento esquisito chamado matéria com energia negativa.
"Você não vai precisar nem mesmo de matéria normal, com energia positiva," garante Burkhard Kleihaus, da Universidade de Oldemburgo, na Alemanha. "Buracos de minhoca podem ser mantidos aberto sem precisar de nada."
Se isto estiver correto, significa então que pode ser possível encontrar buracos de minhoca pelo espaço. Civilizações mais avançadas do que a nossa já podem até mesmo estar indo para lá e para cá nesse metrô galáctico construído com buracos de minhoca.
E, eventualmente, até mesmo poderemos construir nossos próprios túneis espaçotemporais, como portais para outras paragens, o que inclui, muito provavelmente, outros universos, com suas próprias galáxias, estrelas e planetas.

Sempre Einstein
A ideia de um buraco de minhoca se sustenta na teoria de Einstein, que mostra que a gravidade nada mais é do que uma dobradura invisível do espaçotempo causada pela energia - a massa-energia de grandes corpos celestes, por exemplo.
Foi o austríaco Ludwig Flamm que, em 1916, descobriu que dobraduras suficientemente dobradas poderiam funcionar como conduítes através do espaço e do tempo.
Isso chamou a atenção do próprio Einstein, que estudou a possibilidade juntamente com Nathan Rosen. Mas eles concluíram que a única conexão que um buraco de minhoca oferecia seria para um universo paralelo, o que os dois consideraram algo impensável.
Só em 1955, John Wheeler demonstrou que é possível conectar duas regiões do nosso próprio Universo - foi ele quem cunhou o termo buraco de minhoca, assim como ele mesmo já havia batizado os buracos negros.
Mas, claro, coube a Carl Sagan tirar essa curiosidade dos livros de física e usá-la para atiçar o interesse na ciência do público em geral. Um buraco de minhoca foi usado em sua obra Contato.
A tal da matéria com energia negativa seria necessária porque essa matéria teria uma espécie de anti-gravidade, o que seria necessário para que o buraco de minhoca abrisse sua boca e nos deixasse passar.
Embora a teoria de Einstein tenha resistido a todos os testes feitos até agora, os cientistas acreditam que ela talvez seja uma aproximação de uma teoria mais geral, por duas razões: a primeira é que ela não se coaduna com a mecânica quântica, e esta tampouco cede a todos os experimentos possíveis. E, segundo, porque a teoria de Einstein colapsa no centro de um buraco negro, na chamada singularidade.

Indo além de Einstein
Já em 1921, Theodor Kaluza e Oskar Klein tentaram ir além da teoria da relatividade.
Inspirados em Einstein, que mostrou que a gravidade é a curvatura de um tecido que une as três dimensões do espaço mais o tempo, Kaluza e Klein propuseram que tanto a gravidade quanto a força eletromagnética podem ser explicadas pela curvatura de um espaçotempo de cinco dimensões.
Hoje, os teóricos da teoria das cordas afirmam que todas as quatro forças fundamentais podem ser explicadas pelas dobraduras de um espaçotempo de 10 dimensões.
Mas essas teorias são complexas demais até mesmo para os físicos teóricos.
E aqui entram Kleihaus, Panagiota Kanti e Jutta Kunz, os três intrépidos proponentes de uma versão mais simples dos buracos de minhoca.
O fundamento é que, se existem outras dimensões, nós não as percebemos porque elas são pequenas demais.
O processo de compactar as seis dimensões que não percebemos - aquelas que completam o quadro de 10 dimensões da teoria das cordas - cria vários novos campos de força, um deles chamado campo dilaton.
Da mesma forma que a gravidade na teoria da relatividade depende da curvatura do espaçotempo, nessas novas teorias a gravidade depende da curvatura mais a curvatura elevada a uma potência.
Os três pesquisadores usaram esse termo extra para propor um buraco de minhoca que não precisa de antigravidade.

Procurando buracos de minhoca no espaço
O resultado assustaria Einstein, porque o buraco de minhoca resultante do novo estudo não pode nos levar para Plutão ou Andrômeda, mas apenas para outros universos.
Desafiador, mas altamente especulativo.
A menos que alguém possa encontrar indícios de que tal estrutura exista no nosso Universo, pairando por aí em algum lugar.
Os três pesquisadores acreditam que é possível.
É bom lembrar que estávamos falando de dimensões submicroscópicas, quando estamos interessados em algo por onde possa menos pelo menos uma nave espacial.
Os cientistas afirmam que a inflação do Universo pode ter espichado esses buracos de minhoca a ponto de eles superarem as dimensões humanas, como um ponto de tinta colocado sobre uma bexiga vai aumentando conforme a bexiga se enche.
"A inflação [do Universo] pode ter inchado os minúsculos buracos negros que permeiam o tecido submicroscópico do espaço," propõe Kleihaus.
Como encontrá-los? Olhando para o Universo, já que a presença de um buraco de minhoca macroscópico deverá representar uma mudança radical no campo de visão dos telescópios.
"Afinal de contas, a boca do buraco de minhoca é uma janela para outro universo," propõe o cientista.
Desde, é claro, que o buraco de minhoca esteja com a boca precisamente virada para a Terra.


SITE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA. Todos a bordo: Expresso Buraco de Minhoca vai partir. 24/03/2012. Online. Disponível em www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=buracos-de-minhoca. Capturado em 11/04/2012.


7 de abr de 2012

SHRI ANANDA MOYI MA

Nirmala Devi Sundari,uma manifestação de Maha Kali Ma, nasceu em 30 de abril de 1896 em Kheora,uma vila da India onde hoje se situa Bangladesh. Mais tarde, denominada Shri Ananda Moyi Ma(impregnada de alegria) por um devoto,acabou por ser considerada uma das maiores personalidades religiosas que a India já conheceu no século XX, sendo considerada avatara(uma encarnação de divindade).
Sua família pertencia a casta dos Brahmanes, a mais importante na hierarquia social indiana, mas não tinha grandes posses materiais. Desde muito jovem demonstrou grande beleza física e espiritual e ainda não havia completado 13 anos quando se casou com Shri Ramani Mohan Chakravarti, que se tornaria conhecido como Bholanâth. Este nunca manifestou qualquer desejo sexual para com Shri Ananda Moyi Ma, tendo se tornado seu primeiro discípulo.
Ela nunca teve um guru mas seu marido-discípulo notou que, ao se sentar, em uma asana do Yoga, ela adentrava as profundezas do seu interior e, nestas ocasiões,repetia o mantra Hara, Hari, Hari. Durante seis anos ela passou por várias Sadhanas(práticas espirituais) e, em 3 de agosto de 1922, atingiu o Samadhi, com períodos de êxtase de até 12 horas seguidas, durante os quais seu corpo se tornava frio como gelo. Depois de deixar o Samadhi, tudo à sua volta parecia estar inundado com alegria e ela, a partir de então, praticamente não precisou mais se alimentar e nem dormir, e não sentia mais dor.
Dedicando-se ao ascetismo, ela chegava a passar meses ingerindo diariamente apenas quatro colheres de água e nove grãos de arroz, oque em nada afetava sua saúde, pois ela aprendera a aproveitar ao máximo a essência vital da água e do ar. A partir de então, uma luminosidade interior passou a se irradiar de seu ser, e numerosas pessoas passaram a vê-la em um halo de luz projetado a uma grande distância circundando seu corpo.
Com certeza hoje, Shri Ananda Moyi Ma faz parte da Grande Fraternidade Branca e suas palavras canalizadas por vários humanos, são de máxima importância neste momento de transição planetária...

"...enquanto o homem não despertar para sua identidade com o Uno, ele continuará preso à roda de nascimentos e de mortes..."
"...todo sofrimento é devido ao fato de que muitos são vistos onde há apenas um..."
"...encontro um vasto jardim espalhado por todo o Universo. Todas as plantas, todos os seres humanos, cada ser único com sua beleza única; todos os corpos iluminados estão neste jardim de várias maneiras..."
"...o homem não é senão o Ser Eterno; mas, erroneamente, ele se vê como uma individualidade separada, centrada em seu corpo, e identificada por um determinado nome.."
"...é recomendado lembrar-se de Deus em todas as instâncias e de acolher tudo oque nos acontece como vindo de Deus. É necessário manter constantemente em vós o Seu pensamento e sentir a Sua presença..."
"...vocês lamentam e choram quando uma pessoa vai para uma outra sala da casa? A morte está inevitavelmente conectada à vida. Na esfera da imortalidade, que significado tem a perda e a morte? Ninguém está perdido para mim..."
"...todo mundo é um guru. Cada pessoa, através da qual alguém aprendeu algo, não importa o quão insignificante seja, é um guru. Porém,o verdadeiro guru é aquele cujos ensinamentos guiam você em direção à compreensão do Eu. Implore continuamente a Deus para que Ele possa Se revelar a você como seu mestre espiritual, e a menos que você descubra seu Guru Interior, nada pode ser alcançado..."
"...a única realidade é a realidade divina. A nossa percepção de nós mesmos, como separados de Deus, é apenas um sonho, uma imposição da ignorância. Só as pessoas que se libertam dos seu apegos e desejos mesquinhos e a motivações egoístas, voltando-se sinceramente para o divino, não no céu, mas em si mesmas, podem viver cada momento em perfeita alegria..."

4 de abr de 2012

VENTOS DE ÓRION


texto extraído do livro de rodrigo romo: "Ventos de Órion/Confederação Intergaláctica III"
lay-out da postagem: iamfotonico.blogspot.com

3 de abr de 2012

ART ON FACEBOOK: MARIANNA STELMACH

From: The Macabre and the Beautifully Grotesque
Artist: Marianna Stelmach,born in Warsaw/Poland
           digital paintings
           all rights reserved/copyright by Marianna Stelmach