16 de dez de 2012

MAGAZINE COVERS TWO

THIS IS A FREE EXERCISE OF PHOTOSHOP
AND ILLUSTRATION
SHOOTER AND MONSTERS BELONG TO AN UNKNOWN ILLUSTRATOR
 (WOULD LIKE TO KNOW WHO IS) / IMAGE CAPTURED FROM THE NET

MY CONTRIBUTION WAS CREATING A "COLOR LAYER"
COMBINING AN ILUSTRATION (B&W)






24 de nov de 2012

MOTHERSHIP CONNECTION





PROMETHEUS

Ridley Scott é um excelente diretor.Blade Runner que o diga!
Fui babando assistir Prometheus na esperança de encontrar indícios de revelações sobre nossa origem. Não a historinha pra boi dormir que nos contam na escola, aquela que leva o Australopithecus ao Homo sapiens. Mas sim a verdadeira que remonta a milhões de anos. Não precisava nem recuar tanto, bastava fazer menção sobre a engenharia genética que fez evoluir Homo sapiens (até o que você é hoje)... e isto entre 300-200 mil anos atrás.
Mas ao terminar o filme, descobri que o intuito foi trazer uma explicação sobre as origens de um de seus personagens mais famosos: o alienígena insectóide visto em outro brilhante de seus filmes: Alien (o oitavo passageiro).
Porém Scott flerta com assuntos que me interessam. Ele trata de lembrar que várias culturas, entre Sumérios e Egípcios, documentaram seres gigantes(os "engenheiros") que teriam estado por aqui e nos criado. E dentro da narrativa do filme, cientistas em um futuro próximo, concluem que estes seres convidam a humanidade amadurecida a visitá-los em uma lua distante. Nasce então a expedição que irá investigar a tese e a bordo da nave Prometheus.
Existe um toque, ou talvez uma homenagem a:"Eram os Deuses Astronautas" de Erich von Däniken.
Mas é a partir da chegada na tal lua que o enredo começou a me confundir. Não fui preparado e nem sabendo que o filme tinha algo a ver com Alien. É necessário assistir mais de uma vez para melhor captar as idéias confusas do diretor.
E lá pelo meio uma decepção: eu imaginei que o encontro entre humanos e um de nossos criadores fosse ter características poéticas...que nada! O Ser olha suas "crias" genéticas e bem ao estilo humanóide, mata um monte! Triste...
Cheguei no fim do filme acreditando que foi uma belíssima chance perdida de nos surpreender com questões mais filosóficas e cósmicas. Os assuntos abordados são bons mas precisavam de maior conexão!
Mas não recue em investigar esta obra não, a fotografia é impecável, o ator Michael Fassbender está assustadoramente magnífico e o filme tem toda a magia e estilo deste mestre do cinema.

21 de nov de 2012

2012:UM ANO CONFUSO

Esperava mais para este ano!
Alguns colegas virtuais devem estar passando pela mesma sensação de frustração...
Houve entre nós espiritualistas a esperança de que em 2012 acontecessem revelações terminais sobre os irmãos galácticos, tanto de terceira dimensão como de outras. É inegável que inúmeros andam a perambular por nossos céus,transformando o ano em um verdadeiro show. Mas saiu na Veja,saiu na Globo???
Muito se fala também da aproximação de Hercolubus(ou qualquer que seja seu nome) e de seus satélites, um deles o "planeta-embarcação" Nibiru. Vídeos muito bons já foram postados por núcleos científicos extra oficiais e demonstrando as aparições, que ao que parece, revelam que nosso sistema solar já está sofrendo os efeitos perturbadores destes astros. Nasa abriu o bico???
E vocês seres da Intra-Terra? Que dia vão subir???
Entretanto as comunicações de toda a Federação Galáctica continuam a todo vapor, trazendo repetidas informações e sem muitas novidades...
Sendo assim deixo a minha opinião sobre 2012:
O foco central de tudo é o planeta Terra, nossa casa! Ele é um ser que abriga milhares de formas de vida. Para que ele possa avançar rumo a novas dimensões, tudo o que nele habita deve também ascensionar.
Nosso caminho como humanos ainda é errante e incerto. Se pudéssemos ter um registro de tudo o que pensamos, sentimos e falamos durante um só dia, veríamos como ainda somos crianças sem controle algum...não somos capazes de prestar um bom serviço a nós mesmos, a nossos irmãos e quem dirá a nossa Mãe Terra! A egrégora do medo e da culpa ainda é a tônica.
Não acontecerá nada em dezembro e as profecias maias estão sendo abordadas de uma maneira que apenas reforçam nossa condição de "dominados midiáticos".
A cada dia que passa percebo que mais e mais pessoas buscam a conexão e uma maior proximidade com o mistério da Fonte, do Infinito.
Os processos que irão nos levar a uma unicidade com as faixas astrais de nós mesmos, trazendo-nos a experiência real de criar com o pensamento, ainda dependem da pacificação de nossos corações. E o que dizer da experiência da quinta dimensão, aquela aonde nosso DNA sairá da condição carbônica para novos arranjos??? Está longe esta glória...
Penso que nossa principal missão no momento é sermos gentis e prestativos, devemos insistir no Amor para que todos os elementais que um dia aprisionamos em nossas "formas-pensamentos" negativas sejam libertados! Precisamos da reconexão com o Espírito e nisto a Federação Galáctica tem feito seu papel. Nós somos os condutores e não os conduzidos!!!
Confesso que gostaria de assistir a um choque na humanidade, mas acho que ainda vale o que escrevi no ano passado em "Ensaio Pastoral":
"Estamos caminhando de um jeito objetivo, lento e sólido, e por consequência todas as novas e boas energias geradas impedem e transmutam as velhas."



25 de out de 2012

THE VANDENBERG:LIFE BELOW THE SURFACE

post baseado na matéria da revista ISTOÉ Platinum-out/nov 2012
por Natália Mestre (repórter)


THE VANDENBERG:LIFE BELOW THE SURFACE (EXHIBITION)
ANDREAS FRANKE








Como o fotógrafo austríaco realizou as imagens e exposição:
. em um só dia,Franke realizou dois mergulhos com câmera em punho e tirou mais de mil fotos dos destroços do navio General Hoyt S.Vandenberg e do fundo do mar em Key West / Flórida
. no seu estúdio,em Viena,realizou diversos ensaios fotográficos com pessoas simulando cenas do cotidiano
. por meio de um trabalho de pós-produção e manipulação digital das imagens,as cenas produzidas em estúdio foram incorporadas às fotos do fundo do oceano
. para manter as fotografias fixadas ao casco do navio,a quase 40 metros de profundidade,Franke utilizou ímãs especiais de alta potência,que não agridem a biosfera marinha...as imagens são todas 4x5metros,emolduradas em aço inoxidável e protegidas com plexiglass transparente e selado com silicone para suportar a pressão e impedir a entrada de água




5 de out de 2012

BOHR & HEISENBERG

"A característica mais importante da visão oriental do mundo - poder-se-ia mesmo dizer, a essência dessa visão - é a consciência da unidade e da inter-relação de todas as coisas e eventos, a experiência de todos os fenômenos do mundo como manifestações de uma unidade básica. Todas as coisas são encaradas como partes interdependentes e inseparáveis do todo cósmico; em outras palavras, como manifestações diversas da mesma realidade última."


Se tem dois caras que merecem fama e atenção, igual a que Einstein possue, eles são Niels Bohr e Werner Heisenberg!
Suas experiências, teorias e reflexões formam um complexa teia de pensamentos que nos trazem a esperança de um dia ocorrer a fusão entre Ciência e Espiritualidade. Estas duas não são coisas distintas, são uma unidade em andamento...
Do Princípio da Incerteza à Interpretação de Copenhague, estes cientistas revelaram o quão pouco ainda sabemos sobre nós e o universo, e todo o paradoxo que envolve o macrocosmos e o microcosmos.
E nestas poucas palavras imprecisas que desenvolvo, fica aqui o testemunho do que eles averiguaram no começo do século XX:
Somos feitos de ossos, músculos, sangue e muito mais...porém tudo isto feito de átomos, que unidos se transformam em moléculas e grandes compostos. Somos infinitos átomos, operando em perfeito equilíbrio e respeitando toda a mecânica clássica de Isaac Newton - de suas 3 leis,da óptica,gravidade,etc...- tudo o que fazemos pode ser explicado pela mecânica clássica!
Agora penetremos neste mundo de partículas que nos compõe.
Bohr e Heisenberg observaram que ao isolar uma subpartícula atômica, a exemplo de um elétron, toda a física clássica é derrubada e todos os cálculos matemáticos e precisões se encerram.
É como se nossos "blocos construtivos' se tornassem abstrações, fantasmas arredios! E não concluam que isto se deve a erros humanos ou procedimentos imaturos. Não!!!
Para se observar uma partícula subatômica é necessário que se prepare um ambiente, tipo um acelerador de partículas, e um lugar aonde irá ser medido nosso ilustre personagem. Quando o digníssimo chega no lugar aonde deve estar(pela mecânica clássica), ele não é encontrado!? Existe uma probabilidade dele estar lá, mas ele pode estar em trilhões de outros pontos.
Mas ok, digamos que seja possível estabelecer o ponto aonde iremos encontrar a subpartícula. Sendo assim não conseguiremos descobrir sua velocidade e massa. Se a situação se inverter, não descobriremos sua posição?!
Estranho, doido???
Pode até ser, pode ser que eu esteja louco de perder meu tempo filosofando sobre isto, mas a ciência me anima a ser mais espiritualista.
Está claro que falta muita coisa para pacificarmos nossas mentes e chegarmos num ponto de esclarecimento.Não dá pra isolar uma parte conectante do todo!!! Isto fere a Unidade.
Olha,para mim existem universos paralelos, existem vidas não atômicas e muito mais. Penso que se a ciência apresenta paradoxos tão evidentes, então devo acreditar mais em mim!
...a Teoria das Cordas é outro pensamento científico e filosófico relevante mas fica pra próxima...


"No nível atômico, então, os objetos materiais sólidos da Física clássica dissolvem-se em padrões de probabilidades, e esses padrões não representam probabilidades de coisas mas,sim,probabilidades de interconexões. A teoria quântica força-nos a encarar o universo não sob a forma de uma coleção de objetos físicos mas, em vez disso, sob a forma de uma complexa teia de relações entre as diferentes partes de um todo unificado."


ensaio e texto baseado no livro de Fritjof Capra / O TAO DA FÍSICA

18 de set de 2012

SER NOTURNO

com texto poético de:
Anderson Lopes


Meia noite de uma vida inteira sem dormir
A meia luz de uma lua cheia eu reflito
Sobre o que poderiam ter sido os meus dias
Se eu não me esquivasse tanto do sol

Eu não teria essas olheiras de vida mal vivida
Eu teria mais sombra
Para dividir comigo as responsabilidades do corpo...

Meia noite

E as lembranças são seres indesejáveis
Saindo debaixo da cama em que o passado dorme
Para me assombrar

Ah,como é leve o sono do passado

E quanto lixo ele acumula embaixo de sua cama!

Mas os grandes olhos da noite são ternos e consoladores

Imensos olhos vigias de mãe
Que me observam por detrás das cortinas
Olhos que não se fecham enquanto o filho não chega
Enquanto o filho não dorme

Doces e complascentes os olhos da noite!

Confortam-me
Protegem-me
E enfim adormeço...



12 de set de 2012

9 de ago de 2012

PARA VOCÊ FILHA...MINHA CINDERELA!

Juju,
quando você tinha uns 3 ou 4 anos,papai resolveu criar um livrinho para te dar de presente.
Era uma historinha de uma fada que saiu pelo mundo buscando reencontrar uma amiga sereia.Em suas andanças,acabou por encontrar personagens diferentes e lugares mágicos.
Queria através do livrinho te introduzir a este mundo fantástico e real dos seres invisíveis aos nossos olhos e pertencentes à natureza.
Não me lembro como foi mas perdi vários dos originais porém a lu estes dias achou um cd com parte do material.
Publico em sua homenagem amor...