13 de dez. de 2014

INDUÇÃO ELETROMAGNÉTICA

Esta postagem mostra o desenvolvimento e encerramento das ideias abordadas em outra anterior: MONOGRAFIA E ELETROMAGNETISMO
Resumidamente: a escola de minha filha pediu que cada aluno desenvolvesse uma monografia e, tentando ajudá-la, sugeri o tema de geração de energia elétrica através de imãs, uma forma de energia limpa. Também propomos desenvolver uma máquina para demonstrar que poderíamos gerar movimento perpétuo dos imãs e energia infinita que não dependesse de recursos naturais, tais como água ou ventos...

A parte teórica do trabalho ficou exemplar, muita boa mesmo!
Mas na hora em que fomos para a prática tudo complicou.
Montar a tal máquina foi difícil. Utilizamos um molinete de vara de pescar para gerar movimento mecânico e impulsionar os imãs, imaginando que isto seria suficiente para existir corrente elétrica em uma bobina de fio de cobre improvisada e acender uma lâmpada.

















Doce ilusão! Como é difícil acender uma simples lâmpada. Faltou movimento mais acelerado dos imãs, faltou quantificar os fios de cobre...enfim faltou entender de elétrica harara....
Quase já desistindo, um mecânico de carros falou: pare de sofrer e compre um dínamo, aquela peça que usam no pneu de bicicletas (em movimento) para acender faróis de segurança.
E o milagre aconteceu: a lâmpada acendeu a um simples giro da manivela! O dínamo simplificou tudo, pois dentro dele toda a equação entre imãs e fios de cobre está correta para gerar voltagem.
Como já era previsto, não conseguimos movimento perpétuo dos imãs para manter a lâmpada acesa e assim propor uma fonte energética infinita, sem depender de recursos naturais e custo zero. Mas valeu a experiência e minha filha foi convocada para apresentar o trabalho no teatro da escola (e esta beleza de peça) :





























10 de out. de 2014

MANDALA FOREST




Uma mandala vai muito além de um objeto de decoração, ela é um instrumento muito poderoso para o desenvolvimento espiritual, emocional e mental.
O nome mandala significa círculo de energia ou círculo de cura.
Encontramos vários tipos de mandalas no nosso dia a dia, por exemplo, na íris de nossos olhos, nas sementes, quando cortamos uma fruta ao meio, ou até mesmo no prato que comemos.
Em especial, esta mandala em tons de verde e branco, irradia energias extremamente positivas, como cura física, mental, emocional e espiritual. Está ligada diretamente ao raio Verde, do Mestre Hilarion, mestre ascensionado da fraternidade branca, que trabalha nossas enfermidades em todos os níveis, vibrando cura para todo o planeta. O dia da semana ligado a este raio é a quinta-feira, quando suas vibrações estão mais fortes.
Além da cura, o verde é a cor da natureza, da esperança, da verdade, da justiça, perseverança, fertilidade, estabilidade; tem a energia das realizações, o verde é o grande purificador do planeta. Qualquer pessoa pode trabalhar com as mandalas, confeccionando, colorindo ou mesmo meditando. A mandala colocará de forma sutil, no lugar certo aquilo que se encontra fora. Jung diz “A mandala possui uma eficácia dupla: conservar a ordem psíquica se ela já existe; restabelecê-la, se desapareceu”.
Como mentalizar? Olhe atentamente a mandala verde, fixe os olhos no centro dela, deixe as figuras geométricas vibrarem, emitindo essa energia de cura, de purificação.
Se possível faça às quintas-feiras, ou às 18hs , horário de cura.
Entrando em contato com essas vibrações especiais, você amplia seu nível de consciência  ao encontro de um caminho espiritual.


Por: Shirley Aiko Fonseca – Terapeuta holística do Ave Lux

Terapeuta holística, desenvolve estudos personalizados em Radiestesia e Radiônica, com atendimentos individuais e empresariais. Produz trabalhos complementares com técnicas de Cromoterapia e Aromaterapia, sempre voltados à harmonização do indivíduo ou grupo, nos planos mental, emocional e nos ambientes familiares. Desenvolve também estudos em Reengenharia Mental.






28 de ago. de 2014

ALCHEMICAL ROSE


Já havia postado essa imagem.
Porém resolvi fazer algumas modificações, para colocá-la em uma de minhas galerias internacionais.
Mudei o título que agora está mais apropriado e inclui pontos luminosos, com a intenção de demonstrar que a rosa é criada primeiro nas regiões etéricas e posteriormente é manifestada em nossa região física.




18 de ago. de 2014

VIBRANDO COM O UNIVERSO


A ciência nos diz que elétrons e prótons possuem uma carga, uma vibração que se expande para além do átomo e avança para o infinito. Como nosso corpo é composto por uma infinidade de átomos em um eterno relacionamento, podemos dizer que somos feitos de uma complexa teia vibratória, muitas vezes caótica e desarmônica.

O segredo é unificar estas vibrações em pacotes coerentes. É nosso dever lançar a harmonia que desejamos experimentar para que assim possa haver uma espécie de “ressonância simpática” do Universo em nossas vidas.

Coloque em seu Agora novos padrões de pensamento e sentimento. Sinta-se bem em seus relacionamentos familiares e amorosos; aceite a saúde e a juventude; viva na certeza da abundância...emita ao Universo oque realmente deseja e deixe-o agir!




20 de jun. de 2014

CARTAS PARA YASMIN E JUJU: MONOGRAFIA E ELETROMAGNETISMO

Filha, às vezes fico pensando que te meti numa roubada com a monografia rs. Fui eu que tive a ideia e no fundo ainda não sei se realmente você tem interesse, mas agora é tarde né...
Vamos refrescar a memória sobre nossas intenções: queremos produzir energia elétrica através de imãs e de uma forma que não dependa de forças naturais como o vento ou água por
exemplo...só eletromagnetismo. Para isso queremos também produzir uma máquina que possa auto sustentar-se, gerando energia infinita, limpa e custo ZERO.
Wow, qualquer um que entende do assunto vai falar: porra vocês querem descobrir a galinha dos ovos de ouro. Pelo menos e como tese SIM. E esta é nossa proposta mesmo que não dê certo.
Mas sinto-me na obrigação de dar um empurrãozinho nesta pesquisa e te lembrar de conceitos básicos sobre o tema que envolve química e física. Não sou perito mas tenho facilidade em explicar e então vamos lá! Te amo linda.

Independente do real significado de "carga elétrica", sabemos que dentro de um átomo temos duas versões que completam uma dualidade: a carga negativa dos elétrons e a carga positiva dos prótons. E em geral os átomos são eletricamente neutros porque o número de prótons no núcleo é igual aos número de elétrons na eletrosfera, significando carga 0. Mas por causa da carga elétrica isolada destas partículas, existe em torno dos elétrons e dos prótons um campo de força, uma espécie de "aura" que chamamos de campo elétrico.
Mas se o átomo é eletricamente neutro, como gerar eletricidade?
Para isso alguém tem que sair de um átomo e ir para outro e com certeza não serão os prótons que estão no núcleo, pois a Força Forte que os prendem por lá é gigantesca.
Sobraram então os elétrons que fazem jus ao nome eletricidade.
Querida, existe uma tendência e comportamento muito interessante dos átomos: eles gostam de ter a última camada, aquela que chamamos de camada de valência, completinha com todos os elétrons que ela pode suportar. Mas não é o caso de muitos elementos químicos. Vamos então analisar o elemento Cobre, que será muito utilizado em nossa pesquisa.

















Podemos ver que a distribuição dos 29 elétrons do átomo de Cobre, ocorre de uma maneira que um deles encontra-se solitário na camada de valência e pela distância que ele está do núcleo gravitacional, fica fácil ser lançado para fora. O átomo meio que deseja doá-lo.
Entendemos assim porque o Cobre é chamado de condutor elétrico: ele é bom no transporte de elétrons.
Analisando este gráfico podemos perguntar: mas o que faz o tal e primeiro elétron "saltar" para o átomo seguinte? E ai entramos no magnetismo e nos imãs.
De uma maneira muito simplificada:
. Se um elétron está apenas orbitando o núcleo do átomo, temos somente um campo elétrico em ação.
. Se um elétron está em movimento para outro átomo, ai temos um campo elétrico e magnético em ação e como quase tudo o que acontece na natureza é movimento, temos sempre algum campo eletromagnético.
O magnetismo é o relacionamento entre os campos elétricos ou, esotericamente, entre as "auras" destas entidades inteligentes chamadas elétrons e prótons...um tipo de relação similar com a vida humana, que para os céticos é somente fruto das interações entre as partículas; um lugar aonde se acredita existir consciência, sensações, pensamentos, memórias, etc...
E neste momento podemos abordar sua monografia. Iremos enrolar um fio de cobre em forma circular e conectá-lo a uma lâmpada. Já sabemos que o elemento Cobre fará o transporte dos elétrons até a lâmpada, mais precisamente, até um filamento dentro dela que irá reduzir a velocidade destes "elétrons saltitantes", produzindo luz e calor, que são outros aspectos do espectro eletromagnético. Falta então algo que dê um empurrão contínuo neste movimento eletrônico.
Existe na natureza um mineral chamado Magnetita, um óxido de ferro que descobriu-se possuir um forte campo magnético muito embora os átomos que o compõe, estejam meio que "parados", o que nos levaria a pensar então que somente o campo elétrico devesse existir. Este mineral é chamado de Imã. Como mostram as ilustrações, existem duas fortes áreas de influência neste campo: o pólo norte e pólo sul. E o campo se movimenta do norte para o sul, fechando um circuito.
Será este Imã e seu campo magnético, que ao aproximar-se do fio de Cobre, irá impulsionar o primeiro elétron, aquele solitário, a saltar para o próximo átomo, gerando o movimento elétrico. O problema é que a corrente não continua se o Imã ficar parado. Tudo acontece somente uma vez, a lâmpada irá acender mas se apagará imediatamente.
E então precisaremos gerar movimento contínuo para este Imã produzir eletricidade. Este é nosso desafio boneca!!!


3 de jun. de 2014

ENSAIO: DELÍRIOS ETÉRICOS

Muitos concordam, ou através da experimentação ou da teoria, que o ser humano assim que morre para o corpo físico, começa a habitar conscientemente novas "roupagens" mais sutis e aqui mesmo na Terra, entrelaçando-se com os que ainda vivem na fisicalidade. Ocorre que poucos refletem sobre este tema em seu principal aspecto e consequência: se então você não é o corpo que habita, quem é você??? E como é que este "quem é você" se relaciona e se reveste com estes novos corpos? Perguntas pertinentes e metafísicas mas que deixo no ar e que servem apenas para um prólogo deste post.
Qualquer escola oculta atribui ao Homem quatro corpos de vivência (simultâneos) na experiência concreta e terrestre: os corpos mental, astral, etérico e físico. E destes apenas dois são extremamente organizados e verdadeiros milagres da engenharia divina: o etérico e o físico. Os outros dois são como nuvens desorganizadas, para a maioria. Mas aqui também vale uma pergunta que necessita de questionadores: do que são feitos estes corpos extrafísicos?
Ora, se você está no planeta Terra enquanto se utiliza desses corpos, então é natural que eles sejam constituídos por substâncias similares aos elementos químicos e que sejam regidos, de uma forma diferente, pelas quatro forças fundamentais: o eletromagnetismo, a gravidade, a força forte e a fraca. Não pode ser tão diferente, não pode haver mistérios!
Preparei um gráfico para abordar um pouco sobre o plano físico:


O corpo físico só existe porque em primeiro lugar formou-se o corpo etérico. Os dois fazem parte do plano físico muito embora toda a região etérica esteja ainda em processo de descoberta pelos físicos quânticos. E os dois são conectados de uma tal forma que não podemos dizer que o corpo etérico seja um veículo autônomo, a exemplo do corpo astral. Quando morremos, nos desfazemos dos dois e penetramos na teia astral.
Pense por exemplo em seu fígado: ao redor e dentro dele está o fígado etérico, formado por substâncias mais aceleradas e sustentadas, em forma molecular, pela ação dos glóbulos de vitalidade. Acredito que a fronteira destas duas regiões, localizada em todas as formas de radiação gama, estabelece uma atividade tão poderosa dos fótons, que chega um momento em que eles precisam se unir para dar conta das altas vibrações das partículas. E por isso muitos chamam este corpo de prânico ou vital.
Uma bela curiosidade: assim que o corpo etérico de um ser humano está formado, todas as informações construtivas juntam-se em uma espécie de "DNA Etérico", um átomo especial que futuramente irá se localizar na cabeça de um espermatozoide único. Se consumada a fertilização, este átomo irá carregar o  formato já existente do corpo etérico e, juntamente com o DNA dos pais, entrarão em ação os elementos químicos para formação do corpo físico...a réplica.
O corpo etérico é quem envia para o físico todas as informações de pensamentos, sentimentos e a própria Vida deste mistério chamado "quem é você". Também é nesta região que existem os seres construtores e elementais, responsáveis pela manipulação das partículas de luz, trazendo para nossos olhos toda a beleza na natureza. Namastê!



8 de mai. de 2014

PORTRAIT


Estou tentando utilizar novas técnicas para a produção de uma série de “portraits” femininos. esta imagem ainda não é um “digital drawing” verdadeiro, pois possui elementos fotográficos mas a idéia é meio que “divinizar” o ser em questão usando elementos e texturas de todos os meus arquivos abstratos, que para quem já conhece, se parecem com pinturas. montei um quadro 60x40cm desta obra e ficou bem legal na parede. espero que gostem.



30 de abr. de 2014

ALOPATIA MY ASS



Calma não é bem assim! É que estes dias estava em pura diversão assistindo um vídeo no youtube sobre o famoso desafio que o mágico James Randi propôs a Thomas Green Morton, quando resolvi assistir a outro aonde Randi detona de verdade a Homeopatia e diante de uma platéia que ainda sorri para seus gracejos e insultos. Para ficar mais abismado, vejo Drauzio Varella, em total momento de arrogância e prepotência, fazer o mesmo com a coitada “medicina dos semelhantes”. Fiquei puto com estes bostas!
Varella cita Cláudio Galeno, o famoso médico romano (de origem grega) e autor da máxima alopática: “ Para curar é preciso buscar os elementos que sejam contrários aos que causam a enfermidade.” Perfeito! Temos que reconhecer os avanços da medicina, que já passou por momentos desagradáveis, como na Idade Média (com suas sangrias e outros processos massacrantes ao paciente), até os dias de hoje aonde uma infinidade de novas drogas vão chegando ao poderoso mercado farmacêutico e trazendo alívio aos enfermos. De fato cura-se muitas doenças, embora o efeito rebote nos cause outra enfermidade que necessitará de outra medicação, tornando-nos escravos da medicina atômica. Não seria melhor curar o doente de uma vez ao invés das doenças que cria?
Tal foi a proposição de Samuel Hahnemann ao intuir a Homeopatia. A discussão é complicada e assemelha-se ao assunto do Big Bang e as teorias de Darwin por exemplo. Estas tratam de observações referentes exclusivamente ao mundo visível e constatável, o mundo dos átomos atuando em específica vibração. Mas para quem sabe e conhece os outros campos de percepção nos quais o ser humano atua aqui na Terra, fica evidente que o buraco é mais embaixo (ou encima como queira).
Ramatis sintetiza bem a Homeopatia: “Toda substância pode curar os mesmos transtornos que é capaz de produzir; as doses pequenas de uma substância, ou os pequenos estímulos, produzem efeitos contrários aos que são produzidos por esses mesmos agentes, quando aplicados em quantidades maiores ou em doses maciças.” Aplicar “o veneno infinitesimal” no doente, causa um rebuliço em toda a estrutura corporal etérico-astral do Homem, movimenta-o integralmente, produz condições de existir uma solução que venha dos átomos mais acelerados destes corpos. São eles que na verdade estão enfermos e se eles se harmonizarem, o átomo físico por conseqüência se harmoniza também trazendo cura definitiva. A Homeopatia trata de energia e não de massa! As moléculas de fótons, vulgo Prana, se movimentam em direção do corpo físico, trazendo a radiação necessária a transmutação dos estados imperfeitos moleculares.
Mas o homem moderno não tem interesse em soluções demoradas e definitivas, deseja apenas o ritmo acelerado e soluções práticas para certo momento. E ainda se diverte com gentalha tipo Randi e Varella.
É uma pena que ainda não existam aparelhos que possam detectar este mundo invisível aos nossos sentidos. A hora que isto acontecer, ai a ciência terá que admitir que trabalhou até hoje com apenas parte da realidade e que de fato se empenhou em buscar soluções. Mas o Homem é maior que um corpo físico.





29 de mar. de 2014

ENSAIO LIVRE: ROTHSCHILDS e ARCANJO LÚCIFER

Faço uma homenagem e indicação aos leitores para acessarem o blog do Max (segue link adiante) que sempre apresenta boas matérias.
Li um excelente artigo neste blog sobre mais um dos "tentáculos" da família Rothschild. Fica claro que até nos bancos centrais mundiais eles imperam, com exceção de 9 países, os quais por coincidência ou não, sofrem ações bombásticas do "império ocidental" há muito tempo. Leiam:
http://informacaoincorrecta.blogspot.com.br/2014/03/da-independencia-dos-bancos-centrais.html

A comunidade espiritualista mais esclarecida sabe das ligações desta família com os processos materializantes pensados e executados pelo Arcanjo Lúcifer para este setor da Via Láctea. Processos estes que nos levam a este momento planetário: de um lado forças de controle e manutenção do sistema e do outro, a hierarquia espiritual despertando todos os trabalhadores da luz deste sono hipnótico e escravizador!

Não se engane: Lúcifer sempre será um Ser de Luz e um poderoso Arcanjo. A ele foi confiado vários experimentos que buscam a dissociação entre o Ser e sua respectiva Experiência. Lúcifer colocou em prática uma ideia revolucionária nesta galáxia e em especial na Terra: levar todas as Presenças Divinas que aqui já experimentavam a unicidade (há milhares de anos) através de um corpo semi-material, a um estágio mais denso. Com aprovação das altas patentes espirituais, Lúcifer tornou-se o principal colaborador  de tudo o que vivemos hoje, a dualidade! Deve-se a ele a experiência sensorial de todas as forças opostas, todos os "positivos e negativos" que vivemos. E para que?
Lúcifer acreditava ser possível que a identidade infinita e divina que somos, pudesse por algum tempo se perder no poder da matéria para fazer o retorno ao infinito. E de fato e através da física quântica, isto parece possível. Acontece que tudo se tornou um jogo aonde quem sabe disso tudo controla quem não sabe...
Os Rothschild são uma linhagem pura deste ensinamento luciferiano.
Como muitos mestres dizem, não há mal algum neste experimento...é preciso apenas consciência para saber se você deseja continuar a participar disso tudo, afinal todos nós um dia escolhemos esta opção ao reencarnar.
Talvez este seja um dos motivos para que em definitivo não surja uma nova era declarada neste planeta: falta a todos nós a decisão de mudar o panorama que assola a tantos irmãos pelo mundo todo, falta no mínimo a vontade de decretar uma nova realidade!
Se você possui consciência amorosa por você mesmo e pelos humanos, pare de pensar e entre em ação! Comece a decretar mentalmente e através de seus sentimentos, um novo momento planetário! Vamos entrar em guerra e de uma vez por todas, contra as forças que desejam nosso esquecimento e auto-piedade. Somos maiores e poderosos seres. 
Acredite: se tudo continuar do jeito que está, poucos continuarão a se beneficiar e a qualquer momento poderá surgir notícias que aprofundem nossa escravidão!
Este é apenas um desabafo e deixo todo o meu desejo por sua ascensão e iluminação amigo(a)...



7 de mar. de 2014

CARTAS PARA YASMIN & JUJU

Oi Yasmin,

Você não sabe o que os cientistas descobriram sobre o brother, inacreditável! Vamos fazer uma experiência o dia em que eu te encontrar em Sorocaba.
Quando você olhar o brother aí eu serei o brother, aquele tiozão pentelho. Mas quando você fechar os olhos e pensar no brother, bom aí eu já não serei mais aquele cara que você olhou. O brother vira apenas uma possibilidade, eu posso estar aqui estar ali...eu posso estar em diversos lugares ao mesmo tempo!
Só quando você olha o brother é que ele existe de verdade. Quer saber o motivo do brother ser assim? Por que assim você escolheu! Enquanto você está de olhos fechados, existem várias maneiras do brother existir, eu estou numa sopa de átomos sem que você possa falar Ah o brother ta ali! Posso até estar em outro mundo, nossa tem tantos lugares...Mas eu sei que você ama o brother e quando você abre os olhos você escolhe a única coisa que você quer enxergar: eu bem lindo harara!


Filha,

Do que é feito o corpo físico? Ele é uma infinidade de partículas subatômicas trabalhando em vibrações harmoniosas e constantes. O relacionamento de cada partícula com as outras, criando moléculas, células, órgãos (etc...) acontece através de duas forças: a eletricidade e o magnetismo. E por isso podemos dizer que nosso corpo é um campo eletromagnético.
Sendo assim é natural que toda esta complexidade de partículas e forças possuam um centro de comando e que se origina no cérebro. Chamamos esta consciência de Ego, embora espiritualistas como eu prefiram Personalidade Magnética. É como se fosse a versão do cérebro porém feito do eletromagnetismo que as partículas geram. Sua função é apenas uma: a de preservar e proteger seu corpo para que ele tenha uma longa vida, segura e feliz, e para isto ele vai te defender de todas as maneiras de qualquer coisa que viole sua integridade.
A princípio e até ai tudo bem. Mas vamos a um exemplo: digamos que você chegue na escola e de cara alguém fala alguma coisa sobre tua roupa que te desagrada e te entristece! Neste momento você emite um conjunto de sensações (através do eletromagnetismo), que o Ego capta e computa como informação sobre você. Se estas sensações começam a se repetir, o Ego entende que você está se sentindo bem com elas, afinal é o que você transmite para ele. E ai ele vai fazer de tudo para encontrar situações similares para você experimentar  simplesmente porque ele acredita que é o que você está pedindo! Entende a delicadeza e ilusão da situação? E olha filha tem tantos exemplos parecidos que nem dá pra falar...
Deixo pra você amorzinho um pensamento-reflexão: será que você é o Ego e o corpo ou você é maior do que eles? Saiba filha que não é o cérebro o maior campo emissor de eletromagnetismo do corpo  e sim o coração...este órgão é capaz de criar uma espécie de “aura” que avança a muitos metros de distância de você. E pelo coração você pode responder minha reflexão...




13 de fev. de 2014

PENSAMENTOS E IMAGENS

 I




A comunidade científica reclamou e com razão sobre alguns erros e algumas impossibilidades físicas neste filme envolvendo astronautas em missão na órbita terrestre,  mas em resumo trata-se de uma obra-prima de efeitos visuais, de um desenvolvimento lento e marcante bem ao estilo de Stanley Kubrick, e de uma surpreendente interpretação de Sandra Bullock. E, como sempre, George Clooney apresenta seu estilo irônico e sedutor.
O filme nos transporta para um mundo inóspito, um ambiente hostil aos frágeis seres humanos. E uma verdadeira luta pela sobrevivência se inicia quando a tripulação de uma nave espacial, em reparos no telescópio Hubble, enfrenta uma chuva de destroços de um satélite russo.
Gravity é um excelente entretenimento e no fim fiquei com a sensação de que os dois astronautas eram os primeiros seres a tentar habitar a Terra tamanha é a vastidão e solidão que o filme transmite sobre o Espaço. E esta sensação ganha força nas cenas finais!
Muito lindo apreciar as poderosas imagens da Terra neste filme...gostaria de estar lá!



II


Divagações sobre o Plano Astral

Consegue imaginar um campo de percepção entrelaçado com este em que vivemos, aonde seres e situações podem estar cruzando seu corpo físico neste momento? Sim, este é o conhecido mundo "pós-morte", um lugar aonde a maioria de nós, enquanto espíritos eternos e infinitos, irá habitar com novas "roupagens".
E do que este plano é feito? Certamente existem faixas de energia-matéria aonde cada um de nós irá encontrar correspondência, dependendo apenas das ações realizadas durante a vida no plano físico.
Em termos gerais apresento minhas humildes idéias que sempre estão em evolução com os estudos. E que os acadêmicos de plantão me perdoem mas é preciso teorizar e discutir: 
Uma aceleração vibracional e desconstrução geral do Modelo Padrão e da Tabela Periódica deve existir por lá. Mas trata-se ainda de um mundo atômico, afinal está aqui no planeta.
Acredito que no Plano Astral os elétrons se tornam mais rápidos, gerando uma verdadeira riqueza de saltos quânticos na eletrosfera e uma maior quantidade de elétrons livres saltando para fora do átomo, através da camada de valência. Assim temos uma espécie de caldeirão de íons muito mais ativos, vibrantes e plasmáticos. Isto implica também em muito mais fótons circulando, fótons mais dinâmicos e energéticos que começam a formar um novo tipo de ligação molecular chamada Prana.
Os mediadores dentro do núcleo, que estabilizam prótons e nêutrons aqui no plano físico, perdem um pouco da razão de existirem e os núcleos se tornam mais agitados, porém ainda estáveis.
A gravidade diminui o que implica dizer que seu mediador, o teórico gráviton, também age com menor intensidade possibilitando a levitação e leveza dos corpos. 
Vale lembrar que todos os espiritualistas acreditam na força criativa e precipitadora do pensamento-sentimento como uma das qualidades inerentes à nossa própria essência consciente, divina e infinita. E sendo assim o ser humano em sua eterna evolução, para sutilizar-se e manter o curso de volta ao oceano divino primordial, irá se deparar no Plano Astral com um novo entendimento da matéria e se tornar apto a criar instantaneamente com o pensamento, afinal muitos mais fótons existem e várias forças coagulantes estão em estado de "afrouxamento" possibilitando a manipulação direta do meio material...



III






5 de fev. de 2014

25 de jan. de 2014

PROSPERIDADE

A Abundância é um elemento fundamental nos reinos cósmicos. Vocês poderiam dizer que a abundância é abundante. Isto é porque nos reinos mais elevados não há falta. A falta é uma ilusão das dimensões menos elevadas. A abundância está em toda a parte. Assim, por que vocês estão tendo tanta dificuldade em se ligar e trazer à manifestação a abundância que vocês criaram vibracionalmente? É por causa do seu medo e dúvida. Vocês foram treinados a acreditar na falsa afirmação: "Eu acreditarei nela quando vê-la". É quando vocês precisam realmente reverter esta maneira de pensar e dizer: "Eu a verei quando acreditar nela".
Muitos de vocês no caminho da luz foram treinados com outra premissa falsa, e isto é que afins de serem espiritualizados, vocês têm que viver na pobreza. Isto é tão incorreto que não pode ser suficientemente enfatizado. Vocês estão  rejeitando a Fonte quando rejeitam a bondade em que a abundância está envolvida. Ela é uma dádiva e é seu direito inato. Como esperam ajudar as pessoas do mundo com a falta de fundos?
Assim, a fim de entrarem em um estado de mentalidade de abundância, que é o estado de acreditar na abundância que vocês já criaram e que está esperando por vocês, olhem ao redor de seu mundo. Vejam a abundância a sua volta. Olhem para todas as árvores. Observem todos os
alimentos no supermercado. Observem todas as pessoas e como elas são bem alimentadas e têm as coisas que elas querem. Isto é abundância e é prazeroso de se ver. Sintam-se bem com isto. A Abundância não é apenas financeira, mas todas as formas de abundância de fato, compram a felicidade, porque a vida está fluindo mais livremente e vocês são capazes de ajudar mais os outros, o que se manifesta como uma abundância de amor, generosidade e bondade. Há abundância em toda parte. Alegrem-se com a riqueza dos outros e vejam como a sua atitude de agradecimento e amor trazem-na para vocês também.
Pode-se dizer que se nós vivemos em um mundo tão abundante, então por que há tantas pessoas que são pobres? É porque elas estão vendo um mundo de carência. Elas a vêem em todos os lugares, todos os dias, assim elas a criam com os seus poderes de pensamento. É por isto que vocês precisam ser tão cuidadosos em relação ao que pensam, porque se pensarem nela o suficiente, irão manifestá-la em sua realidade.
Visualizem por dez minutos ao dia, enquanto estiverem fazendo as suas meditações ou preces diárias, estas pessoas mais pobres recebendo tudo o que querem. Ao fazerem este ato de bondade e de compaixão, embora vocês não possam afetá-las diretamente por causa do livre arbítrio, vocês podem mudar a vibração delas com uma "lavagem" vibracional, por assim dizer, de modo que elas tenham a idéia de trazer mais positividade e bençãos em suas vidas. Esta é uma grande dádiva que vocês podem fazer, e não é uma abordagem curativa para a pobreza, mas um verdadeiro estímulo.

Amo todos vocês, mais do que as palavras,

Kat´Mandu

Fonte: http://lightworkersworld.com
Tradução: Regina Drumond - reginamadrumond@yahoo.com.br
Solange Christtine Ventura
http://www.curaeascensao.com.br/
Grato também a amiga blogueira: http://dharmadhannyael.blogspot.com.br/


DECRETO:
" O DINHEIRO É UM SÍMBOLO DA ABUNDÂNCIA QUE EU SOU.
EU SOU A PODEROSA PRESENÇA DE DEUS EM PROFUNDA GRATIDÃO POR TODA A OPULÊNCIA QUE SE MANIFESTA EM MINHAS MÃOS"


5 de jan. de 2014

COISAS DA LUA


A Lua é um corpo celeste tão estranho e com tantas anomalias que daria um post gigantesco falar sobre tudo! O que mais me atrai entre tantos temas é uma espécie de consenso teórico, até meio paradoxal, entre gente séria de nossa digníssima ciência e ufólogos/espiritualistas: muitos teorizam e filosofam que a Lua possa ser uma espécie de "planeta-embarcação", um satélite artificial e formação inteligente desenhada por visitantes de outros mundos. A turma espiritualista apresenta motivos mais surpreendentes porém a ciência é forçada a especular tal situação por outras razões mais evidentes. Aqui algumas: 

. As idades da Lua e Terra não são precisas e algumas rochas lunares apresentam idade de 4,5 bilhões de anos. A medição mais antiga de um mineral de origem terrestre é de 4,4 bilhões de anos e a da meteoritos (que é a que vale pra gente) é de 4,5 bilhões de anos. Estima-se assim que a Lua possa ter sido criada antes da Terra. Ao mesmo tempo eles não foram mesmo afinal é brutal a diferença de composição geológica entre os dois corpos.

. Todos os estudos apontam para que exista uma grande diferença entre a superfície lunar e seu interior. Já fica claro ao observar que os metais e rochas mais pesados estão na superfície, contrariando a geologia terrestre. Porém algo muito mas muito estranho veio a reforçar a teoria de que o interior da Lua possa ser oco ou talvez imensamente cavernoso: as missões Apolo 12 e 13, em ações de descarte de módulos e partes de equipamentos pesados, fizeram acontecer poderosos choques de material com a superfície lunar. O que a Nasa detectou é assustador: os tais "terremotos artificiais" fizeram com que a Lua soasse como um sino por longos períodos. Equipamentos sísmicos mostraram que ondas de vibração e reverberação se espalharam pelo satélite em todos os eixos com duração de até 3 horas! Então quando um meteoro atingiu a Lua nos anos 70, a Nasa já estava preparada para novas medições. Mas o resultado do impacto mais confundiu do que explicou: as ondas foram tão violentas que deveriam chegar no núcleo lunar e retornar à superfície, coisa que não aconteceu.

É aceito teoricamente que a Lua é resultado do choque da Terra com Theia, um corpo celeste que já se foi. Mas se for ao menos pensada a questão de um corpo produzido artificialmente, então temos a solução de várias questões, que além destas apresentadas inclui uma justificativa sincera para a possibilidade de água somente em seu interior e dos frequentes terremotos que poderiam ser contrastes entre força da gravidade e maquinário do interior oco.
Convenhamos gente, a superfície lunar parece o casco de uma aeronave: lá existem titânio, cromo, zircônio, urânio, neptúnio e até ferro que não enfurruja....vai tentar meter uma broca nas rochas lunares...