15 de abr de 2013

TRECHOS DO LIVRO:"UM CURSO EM MILAGRES"


I

Só aqueles que têm um senso de abundância real e duradouro podem ser verdadeiramente caridosos. Isso é óbvio quando consideras o que está envolvido. Para o ego, dar qualquer coisa implica em que terás que ficar sem ela.Quando associas dar com sacrifício, só dás porque acreditas que estás de algum modo conseguindo algo melhor e, portanto, podes ficar sem o que estás dando.“Dar para receber” é uma lei do ego da qual não se pode escapar, e ele sempre avalia a si mesmo em relação aos outros egos.Está portanto continuamente preocupado com a crença na escassez que lhe deu origem. Toda a sua percepção dos outros egos como reais é apenas uma tentativa de se convencer de que ele é real. A “autoestima” em termos egóticos não significa nada além de que o ego iludiu a si mesmo a ponto de aceitar a própria realidade e é, portanto, temporariamente menos predatório.

II

É difícil compreender o que significa realmente: “O Reino do Céu está dentro de ti.” Isso não é compreensível para o ego, que interpreta essa afirmação como se alguma coisa de fora estivesse dentro e isso não significa coisa alguma. A palavra “dentro” é desnecessária. O Reino do Céu és tu. O quê, além de ti, foi criado pelo Criador e o quê, além de ti, é o Seu Reino? Essa é toda a mensagem da Expiação, uma mensagem que na sua totalidade transcende a soma de suas partes.Tu também tens um Reino que o teu espírito criou. Ele não cessou de criar por causa das ilusões do ego. As tuas criações não são mais órfãs de pai do que tu és. Teu ego e teu espírito nunca serão co-criadores, mas o teu espírito e o teu Criador sempre o serão. Tem confiança em que as tuas criações estão em segurança tanto quanto tu estás.

III

A memória de Deus vem à mente quieta. Ela não pode vir aonde há conflito,pois uma mente em guerra contra si mesma não se lembra da gentileza eterna. Os meios da guerra não são os meio da paz e o que as pessoas voltadas para a guerra querem lembrar não é amor. A guerra é impossível a não ser que a crença na vitória seja valorizada. O conflito dentro de ti necessariamente implica no fato de que acreditas que o ego tem o poder de ser vitorioso.




19 comentários:

  1. It's very interesting.
    Although it is not my forte, but I'm trying to understand.
    Greetings.

    ResponderExcluir
  2. Ricardo excelente texto, sábias palavras estas que acabo de ler. Eu creio que o acto de dar algo, implica teres noção de que nada do que possuís é verdadeiramente teu, porque de nosso mesmo, só a centelha que nos anima nos pertence e mesmo essa pertence ao nosso espírito, não ao nosso corpo físico.
    Beijinhos de Luz!
    Ana Maria

    ResponderExcluir
  3. Bom dia! Excelente texto, Ricardo. Conceitos aparentemente fáceis de se compreender, mas não tão fáceis de se por em prática. O quanto eu ainda preciso aprender!...

    ResponderExcluir
  4. Tão bonito quanto o canto de uma sereia encantadora! Saludos.

    ResponderExcluir

  5. Olá Ricardo,

    Filosofia interessante e fácil de ser compreendida, embora possa comportar divagações.
    Gostei de ler.
    A imagem também é muito interessante.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  6. Interesante texto, Ricardo! my g+ para ti!!!:)))

    Besos, desde España, Marcela♥

    ResponderExcluir
  7. Gracias por tus palabras en mi blog, me quedo viendo el tuyo.

    ResponderExcluir
  8. Cara, você foi fundo!
    "O reino do céu és tu"
    Isso é libertador!

    ResponderExcluir
  9. bom! muito bom! aos poucos estou conhecendo o seu blog :)

    ResponderExcluir
  10. Essa, é crença de quem acredita em um criador.
    Qual seria, a crença de quem não tem essa crença?

    Seu texto é instigador, leva à profunda reflexão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. a questão é mais profunda: será que criador e criatura são diferentes Lúcia???
      thanks por sua visita...

      Excluir
  11. Great post

    http://couturetrend.blogspot.it/

    ResponderExcluir
  12. Gracias por pasar y dejar tu mensaje, llegué muchas veces a tu sitio pero me era imposible comentar.
    Te dejo un abrazo, excelente post!

    ResponderExcluir
  13. Nossa, esse seu texto caiu perfeitamente!

    Sem palavras!

    ResponderExcluir
  14. Olá!
    Ricardo
    Bela imagem !Texto de muita reflexão!
    vou dar meus "pitacos"
    Osho dizia que:"A sociedade cria um ego porque o ego pode ser controlado e manipulado. O eu nunca pode ser controlado e manipulado. Nunca se ouviu dizer que a sociedade estivesse controlando o eu - não é possível....O ego está sempre abalado, sempre à procura de alimento, de alguém que o aprecie. É por isso que você está continuamente pedindo atenção."
    ...Não estamos acostumados a olhar pra dentro. Crescemos na cultura do ter ao invés do ser. Isso nos faz buscar a felicidade no mundo material que foi com o qual aprendemos a lidar. Buscar a consciência espiritual é papel de cada um e é um processo individual. E não é fácil chegar nesse nível de consciência e autoconhecimento.Cada um passa por suas quedas, pois, para aprender, o Ego precisa ser machucado e chegar a um ponto de equilíbrio. É necessário humildade para entender isso e se deixar viver. O mais importante é perceber a perenidade das situações e de tudo o que nos fortalece e sustenta.A essência, o que se é de verdade, está além do Ego. Isso é o que permanece por toda vida e é o que realmente importa.
    Obrigado pela visita
    Boa quarta feira
    Abraços

    ResponderExcluir
  15. Ricardo! Que texto!

    Uma mente em conflito é reagente (exerce reação contra) e não é eficaz. Não recebe luz porque está fechada, somente quando quiser modificar seu estado, mesmo ainda estando em conflito, é que a ação superior começará a trabalhar.

    Eu considero que "fazer sacrifícios" não é bom, nem mesmo "dar para receber" - são paliativos temporários. Quando aprendemos o que é desapego e que se doar é o caminho, novas oportunidades se abrirão e a leveza de espírito tomará conta de quem se dá por inteiro.

    UM BEIJO - amei ler este texto.

    ResponderExcluir
  16. Por que não deixa espaço para comentários em todos os posts?? Amei o seu último post e adoraria comentar.
    Vc é chato, viu?? Mas eu te amodoro!!!

    ResponderExcluir