2 de abr de 2013

LUZ NA ESCURIDÃO


Que me perdoem os mais eruditos e principalmente os físicos! Mas meus delírios devem possuir alguma verdade. Concordo que são intuitivos mas já que poucos se arriscam eu cumpro o papel de construir um pensamento multidimensional e um pouco distante dos atuais caminhos da ciência. E se você caro amigo blogueiro e simpatizante deste espaço sair mais confuso depois desta postagem não se preocupe...também estou!


ENSAIO SOBRE A MATÉRIA ESCURA

A ciência chegou em uma desconcertante conclusão: cálculos de velocidade em estrelas da Via Láctea e de outras galáxias não estão de acordo com a lei gravitacional de Isaac Newton. As contas não batem e para não desconstruir tal lei, supõe-se então que exista mais matéria no universo do que pensamos. E mais: por não ser possível enxergá-la, a tal matéria não deve ser feita de átomos pois se fosse assim deveria haver algum tipo de interação eletromagnética que fosse detectável. Cientistas adiantam também que ela é na verdade a maior parte da matéria que compõe o universo. Estrelas, planetas...enfim, átomos são pouca coisa por aqui.
No ensaio anterior teorizei que a fronteira entre uma dimensão e outra percorre a totalidade do universo. E a matéria escura é esta fronteira! Está em todo lugar e em diferentes “densidades”. Tudo depende de seu consumo.
Minha teoria é maluca: a matéria escura seria composta por fótons e grávitons, que em nossa dimensão são forças e não matéria! Entende-se por gráviton a força que realiza todos os fenômenos gravitacionais e atômicos no universo, que mantém átomos coesos. E fótons a força que causa o relacionamento entre átomos. Como estas forças convivem uma com outra (dentro da matéria escura) é um mistério...talvez elas estejam em um tipo de relacionamento tão especial que explique algo como o bóson de higgs. Mas vamos caminhar de uma dimensão superior para a nossa: em quinta dimensão, fótons e grávitons são a própria matéria existente, a matéria que compõe corpos estelares e seres viventes completamente diferentes de nós. Para que exista a nossa dimensão atômica, fótons e grávitons deixam de ser matéria e começam uma peculiar transição para se tornarem forças que dão vida a nossa Vida atômica!!!
A matéria escura seria uma espécie de reservatório,um caldo dimensional,uma “fronteira esponjosa”de forças e prontas para serem utilizadas pelos átomos para a formação de grandes complexos...como o Sol, a Terra e você!
Ela interage com nosso universo apenas no aspecto gravitacional, como se possuísse massa. Isto explicaria os erros nos cálculos científicos expostos no começo deste. Mas não interage eletromagneticamente. Este tipo de interação só pode ocorrer quando um fóton é utilizado por um átomo e se isto acontece então o fóton já não pertence mais à matéria escura e sim ao nosso universo...ou melhor: talvez o decaimento do fóton (comprovado pela ciência) seja apenas sua rápida aparição na terceira dimensão e retorno imediato para a matéria escura.
Já que promovo esta filosofia toda, o maior mistério ainda é como matéria e forças se convertem em consciência...independente dos arranjos entre as mesmas!


17 comentários:

  1. Não estou sabendo comentar. Só sei dizer que gostei muito do que li.
    beijos!

    ResponderExcluir
  2. Você já leu o livro, ou assistiu ao documentário (imperdível) Quem Somos Nós? Acho que você vai gostar! Muito bom o seu texto, Ricardo.

    ResponderExcluir
  3. A arquitectura do seu pensamento é suportada em ideias, pressupostos, dúvidas e outras interrogações.
    Prefiro a luz à escuridão, mesmo que, fique na penumbra do conhecimento.
    Alimento a minha fé na dúvida metódica, no estudo contínuo e, nas minhas limitações.

    O misticismo, a metafísica não são resposta às suas dúvidas ,mas, a ciência contém o saber ,mas, está longe de ser uma função contínua.

    Na dúvida o cientista pode pedir um olhar emprestado, chame-se natureza ou, outra entidade.

    Vivamos o renascimento do homem novo.



    ResponderExcluir
  4. Ricardo, adorei ler o texto, e embora não seja muito conhecedor do assunto, sou um interessado na matéria. Destaco, sem desprimor para o restante texto, o último parágrafo. Gostei, mesmo!
    abraço

    ResponderExcluir
  5. Te desejo um domingo de luz.
    Abraços
    Lua

    ResponderExcluir
  6. Ricardo, gosto do seu olhar peculiar sobre o universo, muito bem embasado. Um abraço!

    ResponderExcluir
  7. Olá,Ricardo!

    Que bom que ativou seu blog novamente!


    Gosto muito do conteúdo!

    Obrigada pela visita e volte mais vezes.


    Lindo domingo.



    Donetzka

    ResponderExcluir
  8. OI RICARDO!
    TE DIGO QUE DESTE ASSUNTO POUCO SEI.
    ENTRETANTO TE DIGO, QUE ESTA BUSCA CONSTANTE DO SER HUMANO, É VALIOSA POIS ATRAVÉS DELA, ESTAMOS SEMPRE NOS RENOVANDO E NOS REDESCOBRINDO, MESMO EM ASSUNTOS OU TEORIAS QUE ATRAVESSARAM CENTENAS DE ANOS COMO VERDADES ABSOLUTAS E QUE DE UM MOMENTO PARA OUTRO SÃO POSTAS POR TERRA, POR NOVOS ESTUDOS.
    LEGAL E INSTIGANTE TEU TEXTO.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

  9. Olá Ricardo,

    Seu texto é muito inteligente e bastante filosófico.
    Gostei de ler.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  10. Menino!!! Deu um nó na cachola da Titia!!! E sair confusa é pouco, saí foi doidinha de pedra meeeeeeeesmo!!!
    Um xero meu nego e parabéns pelo post!!!

    ResponderExcluir
  11. Gentem!!! Ricardo eu adorei o post que fala da aceleração da Terra. Perfeito!!!! Mas não consegui comentar. Tem muitos posts iguais; leio e não consigo postar comentário. Amo os teus textos. E é super real, realmente o tempo está passando muito mais rápido e até as crianças percebem isso. Isso é até bom, porque chegamos aos 40 com corpinho de 25 e carinha de 19.
    Um xero no cangote meu gato lindo de viver!!!

    ResponderExcluir
  12. Um assunto bem complicado, mas também nem tanto. A Teoria das Cordas propõe unificar toda a Física e unir a Teoria Quântica e a Teoria da relatividade numa única estrutura matemática, mas tanto este assunto e o que tu propôs são especulações. Acredito que quando o homem estiver bem perto de solucionar esses mistérios algo vai se mover no universo.

    ResponderExcluir
  13. Muy interesante!! he publicado tu post en g+!!!
    Buen fin de semana, Ricardo!!!

    Besos, desde España, Marcela

    ResponderExcluir
  14. Um abraço amigo Ricardo, obrigado por seguir Vozes de Minha Alma.
    Tais assuntos são para mim fascinantes e me lanço em divagar sobre tantos mistérios.

    ResponderExcluir
  15. Ricardo, adorei o seu ensaio. Eu acredito que exista uma 5ª dimensão, claro que não estará mais visível aos nossos olhos,do que as 4 dimensões defendidas pelos fisicos, 3 dimensões de espaço, como a altura, a largura e o volume e a outra de tempo. No seu ensaio você diz e muito bem, que o decaimento do fotão, seja apenas a sua rápida aparição na terceira dimensão e o seu retorno imediato para a matéria escura. Eu não duvido disso, pois se existe matéria existe gravidade e a matéria escura para mim, nada mais é do que um atalho que possui uma espessura de milímetros, que se dobra toda no espaço e que permite a passagem da gravidade de galáxias e mundos tão distantes da terra, que formam eles mesmos a própria matéria escura.
    Desculpe Ricardo pelo comentário tão extenso, deixei-me empolgar com o seu ensaio, estes assuntos fascinam-me deveras!
    Votos de uma Iluminada 4ª feira.
    Beijinhos de Luz!
    Ana Maria

    ResponderExcluir